Teoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução a Teoria das Relações Humanas

Como resultado da Experiência de Hawthorne, desenvolvida por Elton Mayo e colaboradores, foram formuladas uma série de conclusões que criaram uma nova filosofia de administração. Assim, surgiu nos Estados Unidos, a Teoria das Relações Humanas, um movimento oposto à Teoria Clássica da Administração.
A Teoria Clássica recebeu o nome de Teoria da Máquina,por considerar a organização sob o ponto de vista do comportamento mecânico de uma máquina: a determinadas ações ou causas decorrerão determinados efeitos ou conseqüências dentro de uma analogia determinística. Seus princípios nem sempre foram bem aceitos.
Segundo a Pesquisa de Hoxie a autocracia do sistema de Taylor, que fora visto por trabalhadores e sindicatos como um meio sofisticado deexploração dos empregados em beneficio aos interesses patronais, foi considerada como inadequados ao estilo de vida americano. A Teoria das Relações Humanas surgiu da necessidade de se corrigir a desumanização do trabalho com a aplicação de métodos científicos e precisos.

Origens da Teoria das Relações Humanas

 Necessidade de se humanizar e democratizar a administração, tornando a livre darigidez e mecanização da Teoria Clássica.
 Desenvolvimento das ciências humanas, com destaque a psicologia. Uma manifestação de que os princípios da Teoria Clássica são impróprios.
 As idéias da filosofia pragmática de John Dewery e da Psicologia Dinâmica de Kurt Lewin. A fundação da escola por Elton Mayo e a sociologia de Pareto.
 As conclusões da Experiência de Hawthorne, realizado por EltonMayo, deram um ponto final aos princípios da Teoria Clássica da Administração.

A Experiência de Hawthorne

Em 1927, o Conselho Nacional de Pesquisas, iniciou uma experiência na fábrica Hawthorne da Western Eletric Company, em Chicago, para descobrir se as variações na iluminação teriam algum efeito sobre o desempenho dos trabalhadores. Percebeu que os trabalhadores eram conduzidos pelafadiga, acidentes de trabalho, rotatividade do pessoal e ao efeito das condições de trabalho sobre a produtividade do pessoal. De acordo com Elton Mayo, “os resultados da experiência eram prejudicados por fatores psicológicos”.
Na época a empresa não estava interessada em aumentar a produção, mas em conhecer melhores seus empregados, pois valorizavam o bem-estar destes.

Primeira fase da Experiênciade Hawthorne
Os pesquisadores observavam dois grupos de trabalhadores que executavam o mesmo serviço, porém em iluminações diferentes. Um grupo trabalhava sob iluminação constante enquanto outro trabalhava sob iluminação variável. Perceberam que o fator psicológico, conforme Mayo influenciava na produção. Quando a iluminação aumentava produziam mais e quando a iluminação diminuía produziammenos. Comprovando-se assim, que a eficiência dos operários é afetada por condições psicológicas.

Segunda fase: Criaram um grupo experimental com cinco moças que montavam relés, enquanto uma sexta operária fazia o fornecimento de peças. Na mesma sala de provas, mas separada do primeiro grupo estava o grupo de controle. A produção foi o índice de comparação entre o grupo experimental, sujeito asmudanças nas condições de trabalho, e o grupo de controle com o trabalho em condições constantes.

A pesquisa com o grupo experimental foi dividida em 12 períodos, para se observar a produção:
1º período: Capacidade produtiva em condições normais de trabalho.
2º período: Isolamento do experimental. Verificação do efeito da mudança no local de trabalho.
3º período: Mudanças no plano de pagamento.Houve um aumento na produção.
4º período: Novo aumento de produção. Devido à introdução de um intervalo de cinco minutos no período da manhã e outro à tarde.
5º período: Novamente um aumento na produção, em conseqüência do aumento no tempo de intervalo para dez minutos.
6º período: Não houve aumento na produção, devido às reclamações das operárias quanto à quebra no ritmo de trabalho, logo...
tracking img