Teoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1727 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Teoria da Burocracia

 
A teoria da burocracia foi formalizada por Max Weber (1864 – 1920) Sociólogo Alemão considerado fundador da teoria da burocracia que, partindo do princípio de que o traço mais relevante da sociedade ocidental, no século XX, era o agrupamento social em organizações, procurou fazer um mapeamento de como se estabelece o poder nessas entidades. Construiu um modelo ideal,no qual as organizações são caracterizadas por cargos formalmente bem definidos, ordem hierárquica com linhas de autoridade e responsabilidades bem delimitadas. Assim, Weber cunhou a expressão burocrática para representar esse tipo ideal de organização, porém ao fazê-lo, não estava pensando se o fenômeno burocrático era bom ou mau. Weber descreve a organização dos sistemas sociais ou daburocracia, num sentido que vai além do significado pejorativo que por vezes tem. Burocracia é a organização eficiente por excelência. E para conseguir essa eficiência, a burocracia precisa detalhar antecipadamente e minuciosamente como as coisas deverão ser feitas, mas acaba se esquecendo dos aspectos variáveis que se devem ser considerados, o que na sua negligencia acaba trazendo diversas disfunções narealização de ações especificas.

Origem da Teoria da Burocracia

A teoria da Burocracia desenvolveu-se dentro da Administração ao redor dos anos 40, em função,principalmente dos seguintes aspectos:
- A fragilidade e parcialidade da teoria clássica e da teoria das relações humanas;
- A necessidade um modelo de organização racional aplicável não somente a fabrica, mas a todas as formas deorganização, principalmente as empresas;
- O tamanho e complexidade crescentes das empresas;
- O ressurgimento da Sociologia da Burocracia.





Principais características


Caráter legal das normas e regulamentos

É uma organização ligada por normas e regulamentos previamente estabelecidos por escrito. É baseada em legislação própria que define com antecedência como a organizaçãodeve funcionar.
• São escritas.
• Procuram cobrir todas as áreas da organização.
• É uma estrutura social racionalmente organizada.
• Conferem às pessoas investidas da autoridade um poder de coação sobre os subordinados e também os meios coercitivos capazes de impor a disciplina.
• Possibilitam a padronização dentro da empresa.



Caráter formal das comunicações

Aburocracia é uma organização ligada por comunicação escrita. Todas as ações e procedimentos são feitos por escrito para proporcionar a comprovação e documentação adequadas.

Caráter racional e divisão do trabalho

A Burocracia é uma organização que se caracteriza por uma sistemática divisão do trabalho. Esta divisão do trabalho atende a uma racionalidade que é adequada ao objetivo a seratingido, ou seja, a eficiência da organização, através de:
• aspecto funcional da burocracia;
• divisão sistemática do trabalho, do direito e do poder;
• estabelecimento das atribuições de cada participante;
• cada participante passa a ter o seu cargo específico, suas funções específicas e sua área de competência e de responsabilidade;
• cada participante sabe qual é a suacapacidade de comando sobre os outros e quais os limites de sua tarefa;

Impessoalidade nas relações

Essa distribuição de atividade é feita impessoalmente, ou seja, é feita em termos de cargos e funções e não de pessoas envolvidas:
• considera as pessoas como ocupantes de cargos e de funções;
• o poder de cada pessoa é impessoal e deriva do cargo que ocupa;
• obedece ao superiornão em consideração a pessoa, mas ao cargo que ele ocupa;
• as pessoas vêm e vão, mas os cargos permanecem;
• cada cargo abrange uma área ou setor de competência e de responsabilidade.

Hierarquia da autoridade

A burocracia estabelece os cargos segundo o princípio de hierarquia:
• cada subordinado deve estar sob a supervisão de um superior;
• não há cargo sem controle ou...
tracking img