Teoria a contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2133 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Sistema de ensino presencial conectado
Ciências Contábeis










Trabalho apresentado ao curso
de Ciências Contábeis
5º Semestre.








JUAZEIRO
2012

SUMARIO

Introdução .......................................................................................................3
1. AplicaçãoFinanceira...................................................................................4
2. Diferenças entre Impostos Cumulativos e Impostos Não Cumulativos ......4
3 Avaliação de Estoque.................................................................................. 4
4. Principio da Entidade..................................................................................7
5 Principio da Competência.......................................................................... 7
6 Legislação Contábil..................................................................................... 7
6. Conclusão ...................................................................................................8
7. Referencias Bibliográficas .........................................................................9INTRODUÇÃO:






Venho através de este falar um pouco sobre a importância da contabilidade na indústria, já que é um assunto muito importante para quem está cursando ciências contábeis, pois desse jeito fico sabendo que é na contabilidade industrial que contabilizamos os fatos contábeis oriundos dos documentos básicos utilizados na contabilidade de custos e osfatos contábeis gerados por ela.










































1- A importância da contabilidade na indústria.


• Contabilidade na Atualidade.


. O capital inicial (principal) pode crescer como já sabemos, devido aos juros, segundo duas modalidades, a saber:
Juros simples - ao longo do tempo, somente o principal rendejuros.
Juros compostos - após cada período, os juros são incorporados ao principal e passam, por sua vez, a render juros. Também conhecido como "juros sobre juros"
O capital inicial pode crescer devido aos juros, segundo a modalidade de saber. Juros simples ao longo do tempo, somente o principal rende juros.
Juros compostos – após cada período, os juros são incorporados ao principale passam, por sua vez a render juros também conhecidos como juros sobre juros.


Considere o Capital P = principal, i = taxas de juros e n = numero de períodos que o P (capital inicial foi aplicado)


Tenho 10.000,00 a uma taxa de 2% no período de 5 meses.


Após o 1 mês, teremos o Montante: = 10.000,00 x 2 % = 10.200,00
Após o 2 mês, teremos o Montante: = 10.200,00 x 2% = 10.404,00
Após o 3 mês, teremos o Montante: = 10.404,00 x 2 % = 10.612,08
Após o 4 mês, teremos o Montante: = 10.612,08 x 2 % = 10.824,32
Após o 5 mês, teremos o Montante: = 10.824,32 x 2 % = 11.040,80




Ao final do período terei um Capital de 11.040,80








2- Diferenças entre Impostos Cumulativos e Impostos Não Cumulativos.


Diz-se doimposto/tributo que, na etapa subseqüente dos processos produtivos e/ou de comercialização, não incide sobre o mesmo imposto/tributo pago/recolhido na etapa anterior. Exemplos: IPI e ICMS.
Talvez em palavras mais simples, significa que quando no regime cumulativo, não há a compensação de valores desse imposto já pago em algum processo anterior de industrialização ou comercialização.
Por exemplo,se a empresa é do Lucro Presumido, O PIS Faturamento e a COFINS, quando de seu cálculo, não há credito algum para dedução desses impostos. Sempre as alíquotas serão para o PIS 0,65% e para a COFINS 3,00%. Nesse caso específico a empresa do Lucro Presumido é "Cumulativo".
Já se a empresa for do Lucro Real, ela terá como creditar os valores desses impostos já pagos nas etapas anteriores da...
tracking img