Teoria xey

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1754 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Teoria X e a Teoria Y são doi conceitos desenvolvidos por Douglas McGregor e que representam dois conjuntos de suposições antagónicas que são feitas aos trabalhadores, as quais servem de base a qualquer teoria de como liderar pessoas dentro de uma organização:
- | Teoria X: As organizações partem do pressuposto de que as pessoas têm aversão ao trabalho e à responsabilidade, preferindo serdirigidas e, por isso, devem ser controladas e motivadas pela coacção, pela punição, pelo dinheiro ou pelos elogios. Estes pressupostos correspondem à concepção mecanicista dos trabalhadores utilizada pela Escola Clássica e levam as organizações a colocar a ênfase na satisfação dos factores higiénicos definidos por Frederick Herzberg. |

- | Teoria Y: Parte-se da hipótese de que as pessoas sãocriativas e competentes e consideram que o trabalho é tão natural como a diversão ou o descanso. Assim sendo, sob condições correctas desejam trabalhar, daí que é fundamental proporcionar-lhe condições para o seu desenvolvimento pessoal. Estes pressupostos constituem a base da chamada Administração Participativa. |
Teoria X
A teoria X, também chamada de "Hipótese da mediocridade das massas", diz queos funcionários possuem aversão ao trabalho e encaram como um mal necessário para ganhar dinheiro. Artíficios como punição, elogios, dinheiro e coação seriam fundamentais, pois o funcionário evita responsabilidades, deseja ser dirigido e ter estabilidade/segurança.
Teoria Y
A teoria Y diz que os funcionários encaram o trabalho como algo natural, como se estivesse fazendo uma atividade de lazer,por exemplo. Para esta motivação, a empresa tem que dar as condições necessárias para o funcionário trabalhar plenamente, onde este ainda gosta de assumir responsabilidades, possui autogestão e tem suas recomepensas não baseada apenas no dinheiro, mas no reconhecimento e possibilidade de ascensão dentro da empresa.
Douglas McGregor - AS TEORIAS X E Y
e a
motivação de servidores públicos
INTRODUÇÃOEstudando há algum tempo o assunto “Motivação de Servidores Públicos”, venho me deparando com trabalhos por grandes pensadores, administradores, sociólogos e escritores, dos quais posso até discordar, mas jamais ignorar.
Recentemente conheci alguns textos relacionados a pensador chamado Douglas MacGregor, Economista, Professor de Harvard, PHD em Psicologia Social e Professor do MIT.
McGregorescreveu “O lado humano das organizações” em 1960 e definiu as Teorias X e Y que segundo ele norteavam as relações entre as empresas e seus trabalhadores.
Confesso que ao iniciar a leitura fiquei estarrecido com a Teoria X e voltei ao prefácio para ver se realmente tratava de uma obra da década de 60 (1960) ou de dois séculos antes.
Para ele na Teoria X:
a) O ser humano ordinário, sente repugnânciainterior ao trabalho e o evitará sempre que puder.
b) Devido a esta tendência ao se abstrair do trabalho à maioria das pessoas tem que ser obrigadas a trabalhar a força. Devem ser controladas, dirigidas e ameaçadas com castigos. Isso para desenvolverem o esforço necessário para realização dos objetivos da instituição a que pertencem.
c) As pessoas comuns preferem que os dirijam, querem se subtrair desuas responsabilidades. As Pessoas não têm ambição, e não desejam mais nada que sua segurança.
Já para a Teoria Y:
a) O desenvolvimento do esforço no trabalho é natural. Ao ser humano comum não lhe irrita essencialmente trabalhar.
b) O controle e a ameaça de castigo não são os únicos meios de canalizar o esforço, o homem deve se dirigir e se controlar em serviço dos objetivos, cuja realização secompromete (e assim o faz naturalmente).
c) O ser humano compromete-se à realização dos objetivos da empresa pelas compensações associadas com seu lucro.
d) As pessoas se habituam a buscar responsabilidades. A falta de ambição e a insistência na segurança são, geralmente, conseqüências da mesma experiência e não características essencialmente humanas.
e) A capacidade de desenvolver em grau...
tracking img