Teoria tridimencional do direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1531 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anhanguera educacional

jefferson matos lima
ronan da silva rocha
reinaldo julio c. silva
Ronan Gomes de Godoi

teoria tridimensional do direito

Anápolis 2012
Anhanguera educacional
DIREITO 2º período
Professor: willian januário silva
Disciplina: ética e filosofia jurídica

teoria tridimensional do direito

Acadêmicos: Jefferson Matos LimaR.A 3708617826
Ronan da Silva Rocha R.A 3724699111
Reinaldo Julio c. Silva R.A 2504084876
Ronan Gomes de Godoi R.A4251860368



Anápolis, 02 de outubro de 2012

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO............................................................................................................ 4

1 teoria tridimensional dodireito............................................................. 5

2 CONCLUSÃO........................................................................................................... 9

3 BIBLIOGRAFIA...................................................................................................... 10

INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem o objetivo discorrer sobre a teoria tridimensional do Direito de Miguel Reale,onde faremos um breve comentário sobre sua vida e procuraremos mostrar a suma importância de sua teoria, que veio para transformar e influenciar positivamente o universo jurídico, rompendo paradigmas e trazendo inúmeras contribuições para a práxis jurídica de forma geral.

teoria tridimensional do direito

A teoria tridimensional do Direito é conhecida não só no Brasil, masem muitos outros países. Essa teoria foi desenvolvida por Miguel Reale, que é um jusfilósofo brasileiro, em 1968.
O professor Miguel Reale, nasceu em 1910, se tornou bacharel em Direito em 1934 e logo publicou seu primeiro livro “O Estado Moderno”. Formou-se Doutor em 1941, sendo também catedrático em Filosofia do Direito na Universidade de São Paulo. Já em 1940 criou sua teseFundamentos do Direito, onde mostrou as bases para sua Teoria Tridimensional. Dentre inúmeros outros cargos de relevância, Reale foi Reitor da Universidade de São Paulo, Secretário de justiça do Estado e finalmente membro da Academia Brasileira de Letras.
Filiado à corrente culturalista que dava grande ênfase ao Direito como fator cultural, Reale na verdade, não foi o primeiro teórico aformular uma teoria tridimensional do Direito, mas certamente foi quem a sistematizou de forma mais madura, ao ponto do renomado jurista e filósofo espanhol Ricaséns Siches no limiar de sua vida a ter adotado.
“Constata-se, dai, que a Teoria Tridimensional do Direito insere-se no âmbito do culturalismo jurídico. Ora, o culturalismo jurídico foi uma corrente que, de certa forma, nasceu com opensamento kantiano. Kant, em sua obra Kritik der Sitten, havia observado que “A produção, em um ser racional, da capacidade de escolher os próprios fins em geral e, conseqüentemente, de ser livre, deve-se à cultura.” (GONZALEZ, 2000, p.3).
Como marco da Filosofia do Direito latino-americana, a Teoria Tridimensional (como o nome diz) parte do pressuposto de que o fenômeno jurídicodeva ser analisado e compreendido sob uma visão que englobe os três aspectos epistemológicos mais utilizados pelos juristas e filósofos ao longo da História: o fato jurídico (a experiência), o valor e a norma propriamente dita. O problema crucial, segundo Reale (2003), é a questão de que o Direito sempre foi visto ou analisado sob enfoque unilateral, ou seja, priorizando-se apenas um dos aspectos...
tracking img