Teoria racionalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (642 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPÍTULO II – A ORIGEM DO CONHECIMENTO Como saber ao certo a origem do conhecimento? Mesmo os filósofos mais estudados não chegaram a um acordo. O que se pode fazer é resumir as várias correntes quetentam explicar a origem. Alguns acreditam que ele surge no pensamento, independente das experiências. Outros acreditam que ele é formado a partir da ligação dos sentidos com o conhecimento. Vejamos oque dizem os filósofos: Racionalismo – a principal fonte do conhecimento humano seria a Razão. O Racionalista só aceita que o conhecimento seja conhecido quando ele é necessário e universal. Para elea verdade não será contestada quando houver uma necessidade lógica e validade universal. Todos conhecerão, em qualquer lugar a mesma verdade. No entanto, ele também reconhece juízos parciais, que sãoaqueles que depende de experiências. Para Platão existe o racionalismo transcendente, que seria as idéias que traríamos de outra existência e que seriam reavivadas com as experiências diárias. Jápara Plotino, as idéias viriam do Nous Cósmico, ou seja, “a alma é iluminada e preenchida pelo alto”. Agostinho, reverte este pensamento para o Cristianismo, “o conhecimento ocorre com o espírito humanosendo iluminado por Deus”. Na idade moderna, a teoria ganha intensificação, passa a ser reconhecida como ontologismo, onde a doutrina da intuição racional do absoluto como fonte única. Com Descartes éa doutrina das idéias conatas ou inatas, segundo esta teoria nasceríamos com as idéias mais importantes, as fundamentadoras do pensamento. Já Leibniz existe apenas o germe, potencialmente, que nossoespírito nasce com a faculdade de construir. No século XIX, temos o contrário de todas as outras denominações, surge o racionalismo lógico, onde as experiências em nada somam no conhecimento ele éapenas pensante. A fonte exclusiva do conhecimento seria o pensamento. Empirismo – afirma que o conhecimento é fonte das experiências, que o pensamento sozinho não se produz, somo uma tabula rasa,...
tracking img