Teoria organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1629 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Evolução da Análise Organizacional no Brasil (1961-93)
Os artigos deste trabalho são baseados em experiências ao longo das três décadas, podem ser classificados com referencia a Teoria Organizacional á Teoria Geral da Administração, sendo adotada a expressão de Análise Organizacional porque, no momento é a que mais parece designar adequadamente a área em questão. Chegou ao Brasil juntamentecom a Administração como atividade profissional e preocupação acadêmica, sendo o predomínio referencial dos Estados Unidos, e oque têm de produção brasileira, em Análise Organizacional é oque reproduzimos didaticamente, oque foi produzido lá fora, com grande cautela, pelo enorme distanciamento cultural, econômico e administrativo que nos separa deste país. Constantes artigos da revista sobreAdministração de Empresas (RAE) deste sua fundação em 1961, constituíram-se no objeto empírico do presente estudo, analisando historicamente e permitindo identificar as tendências e origens da evolução da Análise Organizacional no Brasil é feito um estudo com base em outras produções do mesmo gênero, com objetivo de efetuar uma análise de conteúdo destes artigos.
A escola ou perspectiva teórica,utilizada pelo autor do texto ao escrevê-lo, assumindo uma posição e utilizando instrumental de análise facilmente atribuível a esta ou àquela escola, sendo consideradas ainda, além das escolas tradicionalmente conhecidas na Teoria Geral da Administração, perspectivas teóricas recentes, não consolidadas ou emergentes, expressa nos artigos publicados pela RAE, com que base empírica os textos sãoproduzidos?Estas variáveis foram estabelecidas, inicialmente, a partir daquelas estudadas pelas escolas ou perspectivas teóricas consolidadas, reservando-se um espaço para aquelas que iriam emergindo da própria investigação.
Escolas ou perspectivas teóricas
O período analisado (1961-93) é indicativo das principais preocupações da época, especialmente as décadas de 60 e 70 quando a análise estrutural deorganizações, sempre fazendo uso de variáveis derivadas do modelo americano, influenciou a literatura, pois o administrador tem na estratégia um grande elemento integrador que abraça diversas variáveis ou aspectos da organização.
A produção brasileira, que se originou possivelmente com o trabalho de Mauricio Tragtenberg, baseada no aspecto "ideológico" da administração clássica e burocrática.Outras perspectivas como a Teoria Sistêmica, e um conjunto grande de perspectivas e nomes, alguns mais efêmeros, outros mais permanentes fazem presentes. Não representam, todavia, o ponto forte da produção analisada. O interessante é que estas diversas abordagens são predominantemente aplicadas e voltadas à solução de problemas organizacionais, mostrando a preferência dos autores pelo teórico aoaplicado. Fazem se presentes a partir da década de 80 e por isso não poderiam ainda ter acumulado o mesmo volume de artigos de Burocracia, Estruturalismo, Behaviorismo e Estratégia, bem com a epistemológica. Entendemos por epistemologia artigos que se ocupam da Análise Organizacional a partir da Teoria do Conhecimento e da Teoria da Ciência. Esta predileção é indicativa da preferência dos própriosautores e da maneira como percebem o campo. A perspectiva epistemológica é aquela que permeia os artigos chamados críticos ou reflexivos e, entre nós, frequentemente se considera uma postura acadêmica como sendo necessariamente reflexiva ou crítica.
Variáveis organizacionais
A escolha de variáveis organizacionais, tratadas pelos autores ao longo dos 32 anos de análise da RAE, manifesta o cuidadoem escolher variáveis que tornam importantes para o conhecimento das organizações e pelas diversas escolas ou perspectivas teóricas, usando a Sociologia para privilegiar variáveis tipicamente funcionalistas, já que este foi o paradigma sociológico predominante. Igualmente quando se trata de processos e comportamento humano em contextos organizacionais, as variáveis vêm preferencialmente do...
tracking img