Teoria Geral do Sistemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria Geral dos Sistemas

• Prof. Carlos
Zeve

Teoria Geral dos Sistemas
Apresentação













Origem
Histórico
Conceito de Sistema
Componentes de um Sistema
Hierarquia de Sistemas
Tipologia de Sistemas
Propriedades dos Sistemas
Sistemas e Empresa
Sistemas de Informação
Abordagem Sistêmica
Bibliografia Utilizada

1

Teoria Geral dos SistemasOrigem

• Pensamento Científico versus

Pensamento Sistêmico

– habitamos um mundo criado pela atividade da ciência, o resultado são
objetos físicos, sistemas (transporte, comunicação, etc.), modelos,
conceitos, etc.
– antes da era cristã os gregos já haviam contribuído com a ciência
abstraindo os aspectos religiosos e míticos, buscando explicações
com uma base racional(Euclides/Geometria, Ptolomeu/Astronomia)
– no século XVII, percebe-se a importância de considerar a observação
em experimentos controlados, em considerar a importância do
argumento indutivo, em usar a matemática para representar os
fenômenos observados (Copérnico, Galileu, Descartes, Newton )

Teoria Geral dos Sistemas
Origem

• Pensamento Científico versus

Pensamento Sistêmico

– Newton (teoriasmatemáticas e físicas) e Descartes (raciocínio
dedutivo e reducionismo) fizeram importantes contribuições
quanto à metodologia usada na construção do pensamento
científico.
– construção do conhecimento científico (método científico):
• reducionismo (complexidade -> simplificação)
• repetição (leis obtidas pela análise de experiências repetidas,
“medição”)
• refutação (discussões sobre osresultados obtidos)

2

Teoria Geral dos Sistemas
Origem

• Pensamento Científico versus

Pensamento Sistêmico

– o método científico, quando aplicado a problemas complexos,
problemas com muitas variáveis e problemas sociais (atividade
humana), apresenta dificuldades, mesmo que seja na ciência uma
prática dividir o problema em partes menores para melhor compreendêlo

– as hipóteses,desde o início, evidenciavam sua descrença em uma visão
meramente mecanicista, diante dos fenômenos biológicos, os quais
deveriam ser ampliados por uma visão que considerasse o todo, as suas
inter-relações e as com o seu ambiente

Teoria Geral dos Sistemas
Origem

• Pensamento Científico

+

Pensamento Sistêmico

são complementares

– a idéia central seria o desenvolvimento de umateoria de caráter geral, de
modo que possa ser aplicada a fenômenos bastante semelhantes que ocorrem
em uma diversidade de campos específicos de conhecimento

– uma teoria interdisciplinar para transcender os problemas exclusivos de cada
ciência e proporcionar princípios gerais (sejam físicos, biológicos, sociológicos,
químicos etc.) e modelos gerais para todas as ciências envolvidas, de modoque
as descobertas efetuadas em cada uma pudessem ser utilizadas pelas demais

3

Teoria Geral dos Sistemas
Histórico

• Claude Lévi-Strauss
– nos primeiros anos da década de 30, o filósofo e antropólogo
belga, seguidor dos princípios do estruturalismo, afirmava que
“uma estrutura oferece um caráter de sistemas, consistindo em
elementos combinados de tal forma que qualquer modificaçãonum deles implica uma modificação em todos os outros”

• Ludwig von Bertalanffy (1901 -1972)
– biólogo austríaco que sistematizou, na época do pós-guerra, as
novas idéias científicas da abordagem dos todos integrados

Teoria Geral dos Sistemas
Histórico

• Ludwig von Bertalanffy
– Em 1951, agora radicado no Canadá, em paralelo às suas funções de
professor de biologia, publicou a obra“Teoria Geral dos Sistemas”.

– Partiu do princípio que um ser vivo não é apenas e simplesmente um
aglomerado de elementos, sem integridade e organização. É o
organismo um sistema que se mantém num mesmo estado, mas a
matéria e a energia que o integram se renovam de uma forma
constante, no que chamou de equilíbrio dinâmico do sistema.

4

Teoria Geral dos Sistemas
Conceito de Sistema...
tracking img