Teoria geral de sistemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A TEORIA DOS SISTEMAS


ORIGEM

A Teoria dos Sistemas surgiu de uma percepção dos cientistas, de que certos princípios e conclusões eram válidos e aplicáveis a diferentes ramos da ciência. Imbuído dessa filosofia, o biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy 67 lançou em 1937 as bases da Teoria Geral dos Sistemas.
A teoria foi amplamente reconhecida na administração, durante os anos 60.Sua difusão se deveu a uma necessidade de síntese e integração das teorias precedentes. De forma concomitante, o desenvolvimento de novas áreas científicas, como a informática, possibilitou a operacionalização e a aplicação de conceitos da Teoria dos Sistemas à administração.


BERTALANFFY E A INTEGRAÇÃO DAS CIÊNCIAS

Bertalanffy defendia a idéia de que não somente os aspectos gerais dasdiferentes ciências são iguais, como as próprias leis específicas de cada uma delas podem ser utilizadas de forma sinérgica pelas outras. A partir dessa tese, Bertalanffy desenvolveu a Teoria Geral dos Sistemas, cujos principais pressupostos são : 68

• Há uma tendência geral no sentido da integração das várias ciências, naturais e sociais.
• Esta integração parece centralizar-se em uma Teoria Geraldos Sistemas.
• Esta teoria pode ser um importante meio para alcançar uma teoria exata nos campos não físicos da ciência. .
• Desenvolvendo princípios unificadores que atravessam vertical mente o universo das ciências individuais, esta teoria aproxima-nos da meta da unidade da ciência.
• Isto pode conduzir à integração, muito necessária na educação científica.


Os pesquisadores Johnson,Kast e Rosenzweig foram dos primeiros a defender que a integração da Teoria dos Sistemas à teoria administrativa levaria a um aprimoramento da administração. Churchman desenvolveu sua aplicação à empresa, incluindo o conceito de sistema de informações da administração.


PARALELO ENTRE ORGANISMOS E ORGANIZAÇÕES 69

N o sentido de buscar uma melhor compreensão do paralelismo existente entreos organismos vivos e as organizações, Zaccarelli propõe um esquema comparativo, envolvendo alguns aspectos relacionados à origem, ao ciclo de vida, ao conceito e às disfunções de ambos:


|Organismos |Organizações |
|Herdam seus traços |Adquirem estrutura em estágios|
|Morrem |Podem ser reorganizadas |
|Têm um ciclo de vida predeterminado |Não têm um ciclo de vida definido |
|São seres concretos |São seres abstratos |
|São seres completos (não precisam praticarparasitismo|São seres incompletos |
|ou simbiose) | |
|A doença é um distúrbio no processo vital |O problema é um desvio nos procedimentos adotados |
| |pela organização. |

Assim,organismos e organizações apresentam uma série de aspectos específicos que os diferenciam. Uma das características mais particulares das empresas é sua capacidade de ampliar seu ciclo de vida, através de reorganizações contínuas. Percebe-se com isso a necessidade vital de as empresas se modernizarem constantemente, sob o risco de acelerarem o fim de seu ciclo de vida.



CARACTERÍSTICAS GERAISUm sistema pode ser visto como um todo organizado ou complexo; uma combinação de coisas ou partes, formando um todo complexo ou unitário.7O As idéias centrais da teoria de sistemas aplicada à administração podem ser explicadas a partir dos seguintes aspectos:


. Homem Funcional - os papéis são mais enfatizados do que as pessoas em si. Nas organizações, as pessoas se relacionam através...
tracking img