Teoria fordista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE ESTUDOS SUPERIORES DA AMAZÕNIA
CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Allan Kardec Monteiro Passos
José Ricardo Vieira da Silva
Nelson Onilton Sousa Santos
Raphael Valadares de Souza
Altino
Raimundo Barbosa
Rose

TRABALHO 1º AVALIAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

BELÉM
04/08/2012
INSTITUTO DE ESTUDOS SUPERIORES DA AMAZÕNIA
CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA


Allan Kardec Monteiro Passo
JoséRicardo Vieira da Silva
Nelson Onilton Sousa Santos
Raphael Valadares de Souza
Altino
Raimundo Barbosa
Rose



TEORIA FORDISTA

Este trabalho está sendo apresentado ao Professor como complemento Intelectual, Educacional nota da 1º Avaliação Bimestral da Disciplina de Administração e Empreendedorismo do Curso de Engenharia Elétrica, turma K5NA08.

BELÉM
04/08/2012
Sumário

1. | Introdução | 4 |2. | Ford ismo e Teoria da Regulação | 5 |
3. | Área de Engenharia Elétrica com Ênfase na Produção de Energia Elétrica na região Amazônica | 10 |
4. | Correlação entre Ford ismo e Área de Engenharia Elétrica | 17 |
5 | Bibliografia | 18 |

1. Introdução

Iniciando o primeiro trabalho em grupo da disciplina de Administração e Empreendedorismo, apresentamos a Teoria da Admistração baseada noTermo Fordismo e a Teoria da Regulação, assim como Área da Engenharia Elétrica com ênfase na Produção de Energia.
Neste trabalho será abordado a Revolução Industrial com foco na produção em massa, através da expansão máquinas para aumento da produção de carros e em seguida faremos uma abordagem sobre a Produção de Energia Elétrica na nossa região, que viabilizará a entrada de novos profissionaisda área assim como novas oportunidades de negócios e parcerias que se firmam em torno dos grandes projetos de produção de energia elétrica. Também faremos uma correlação entre o Fordismo e a produção de energia elétrica.
Como forma de aprendizado e orientações pedagógicas destacamos aqui a oportunidade de conhecermos e debatermos a Teoria da administração através do Fordismo e a Teoria daRegulação com uma correlação com à Área de Engenharia Elétrica com ênfase na Produção de Energia Elétrica na Região Amazônica.

2. Fordismo e a Teoria da Regulação

Fordismo, termo criado por Antonio Gramsci, em 1922[1] refere-se aos sistemas de produção em massa e gestão idealizados em 1913 pelo empresário estadunidense Henry Ford (1863-1947), fundador da Ford Motor Company, em Highland Park,Detroit. Trata-se de uma forma de racionalização da produção capitalista baseada em inovações técnicas e organizacionais que se articulam tendo em vista, de um lado a produção em massa e, do outro, o consumo em massa. Ou seja, esse "conjunto de mudanças nos processos de trabalho (semi-automatização, linhas de montagem)" é intimamente vinculado as novas formas de consumo social.
Esse modelo revolucionoua indústria automobilística a partir de janeiro de 1914, quando Ford introduziu a primeira linha de montagem automatizada. Ele seguiu à risca os princípios de padronização e simplificação de Frederick Taylor e desenvolveu outras técnicas avançadas para a época. Suas fábricas eram totalmente verticalizadas. Ele possuía desde a fábrica de vidros, a plantação de seringueiras, até a siderúrgica.
Defato, Ford criou o mercado de massa para os automóveis. Sua obsessão era tornar o automóvel tão barato que todos poderiam comprá-lo.
Uma das principais características do fordismo foi o aperfeiçoamento da linha de montagem. Os veículos eram montados em esteiras rolantes, que se movimentavam enquanto o operário ficava praticamente parado. Buscava-se assim a eliminação do movimento inútil: o objeto detrabalho era entregue ao operário, em vez de ele ir buscá-lo. Cada operário realizava apenas uma operação simples ou uma pequena etapa da produção. Desta forma não era necessária quase nenhuma qualificação dos trabalhadores.
O método de produção fordista exigia vultosos investimentos em máquinas e instalações, mas permitiu que a Ford produzisse mais de 2 milhões de carros por ano, durante a...
tracking img