Teoria econômica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1522 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO

RAKPLEIADE PEREIRA VIANA
JULIA MARCIA DE SOUZA SILVA
Valdson Marques da Silva

TEORIA ECONÔMICA

São Felix do Coribe - Bahia
2010
RAKPLEIADE PEREIRA VIANA
Julia Marcia de Souza Silva
Valdson Marques da Silva

TEORIA ECONÔMICA

Trabalho apresentado ao Cursoadministraçao-bacharelado da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina: Teoria Econômica

Orientador: Prof. Wilson Salvalagio

São Felix do Coribe - Bahia
2010

SUMÁRIO

Pag.

INTrODUÇÃO......................................................................................................03

1.DESENVOLVIMENTO..........................................................................................04
1. REFERENCIAL TEÓRICO.............................................................................04
2. CONFRONTO DE OPINIÕES ACERCA DO NEOLIBERALISMO.................04
3. ARGUMENTOS E CONTRA-ARGUMENTOS DO NEOLIBERALISMO........05
2.CONCLUSÃO.......................................................................................................07

3. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS....................................................................09

INTRODUÇÃO

Neste trabalho será abordado assuntos relacionados à teoria Econômica, mais precisamente o Neoliberalismo e sua influencia no Brasil e no Mundo. O assunto abordado nos remete ao pensamento de estudiosos como Lopóld Von Wiese, Von Miese,Friedrich e Milton friedman. Estes e outros não citados pregavam a teoria da intervenção mínima do estado na Economia, limitado à segurança interna e externa, a saúde e a educação.

O neoliberalismo pode trazer para a sociedade benefícios como, a abertura da economia, possibilitando o crescimento do comércio nacional e internacional. A desregulamentação do mercado, a redução dos gastospúblicos, ou seja, reduzindo os gastos o dinheiro pode ser empregado em outras ações, como na assitência social e desenvolvimento da economia.

A concorrência está à porta. É necessário entender que o mundo atual está repleto de organizações e a informação, a notícia corre em rítimo alarmante. Cada vez mais os consumidores tornam-se mais exigentes. É urgentemente nos tonarmos maiscompetitivos e nesta força estamos ensaiando para um futuro ainda mais concorrente.

2. 1 REFERENCIAL TEÓRICO
Como sugere as bibliografias consultadas, o neoliberalismo é resultado do encontro de duas correntes do pensamento econômico. A primeira vem da escola austríaca, aparecida nos finais do século XIX tendo a frente Leopold von Wiese e outra vertente é formada pela chamada escolade Chicago, tendo Milton Friedman como destaque.Na escola austráca, após Leopold teve prosseguimento com von Miese e seu mais talentoso discípulo Friedrich Von Heyek, que apesar de austríaco fez sua carreira em Londres. Heyek se opôs tanto à política keynesiana (por seu intervencionismo) como ao estado de Bem-estar social (pelo seus assistencialismo) idealizado primeiro na Inglaterra em 1942.2.2 CONFRONTO DE OPINIÕES ACERCA DO NEOLIBERALISMO
No Brasil o neo-liberalismo foi influenciado no governo Collor, quando da abertura a importações, no início da década de 1990, os produtos importados passaram a invadir o mercado brasileiro, com a redução dos impostos de importação. No texto abaixo fica bem claro o processo de obsolescência de empresas estatais:A oferta de produtos cresceu e os preços de algumas mercadorias caíram ou se estabilizaram. Os efeitos iniciais destas medidas indicavam que o governo estava no caminho certo, ao debelar a inflação que havia atingido patamares elevados no final da década de 1980 e início da década de 1990, mas isso durou pouco tempo.
Ao mesmo tempo, o governo passou a incentivar os...
tracking img