Teoria dos stakeholders x teoria da maximização da riqueza dos acionistas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (478 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIA DOS STAKEHOLDERS X TEORIA DA MAXIMIZAÇÃO DA RIQUEZA DOS ACIONISTAS Daniela Pereira Brandao RESUMO Esse artigo analisará as funções-objetivos de uma empresa que mais se destacam entrepesquisadores e autores e por fim trará opinião sobre o melhor modelo de gestão e de governança para a maximização dos lucros e satisfação de stakeholders. Palavras-chave: função-objetivo, stakeholders,maximização do lucro. INTRODUÇÃO Um dos principais objetivos de uma empresa é definir e implementar um modelo de gestão e um modelo de governança conhecido com a função-objetivo da corporação. Duasfunçõesobjetivos são as que mais se destacam entre os pesquisadores e autores da Administração de Empresas que são: a teoria de equilíbrio dos interesses do stakeholders e a teoria de maximização da riqueza dosacionistas. DESENVOLVIMENTO A primeira defende que as decisões da empresa devem ser tomadas visando atender e satisfazer o interesse de todos os interessados/envolvidos na empresa direta ouindiretamente (acionistas, empregados, fornecedores, clientes, sociedade). Porém, esse modelo de gestão seria difícil de ser implementado, pois é praticamente impossível agradar igualmente a todos osstakeholders envolvidos na corporação, o que certamente levará a uma situação de conflito. De acordo com STERNBERG (1999), a empresa dificultaria o estabelecimento dos objetivos claros uma vez que cada grupoestabeleceria seus próprios objetivos acarretando diversos problemas estratégicos para a organização. A segunda teoria defende que as decisões da corporação devem ser tomadas visando sempre àmaximização do lucro da empresa já que os acionistas são os stakeholders que carregam o maior risco e menos direitos legais em relação a organização. De acordo com SUNDARAM e INKPEN (2001), ao maximizar o valorpara o acionista, todos os envolvidos com a empresa seriam beneficiados ao maximizar a possibilidade de sobrevivência da corporação a longo prazo. Já JENSEN (2001) propõe uma abordagem diferente...
tracking img