Teoria dos conjuntos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sociologia Sociedade Industrial (Séc. XIX) | Saint-Simon, Comte, Marx, Engels, Durkheim, Weber. |
Surgimento da Sociologia

A sociologia como disciplina científica surgiu no início do século XIX, como uma resposta acadêmica para o novo desafio da modernidade: o mundo estava se tornando cada vez menor e mais integrado, a consciência das pessoas sobre o mundo estava aumentando edispersando. Os sociolólogos não só esperavam entender o que mantinha os grupos sociais unidos, mas desenvolver um “antídoto” para a desintegração social.
O termo foi cunhado por Auguste Comte, da palavra latin socius (associação) e o grego lógus (estudo). Ele pretendia juntar todos os estudos sobre a humanidade, incluindo história, economia e psicologia.Relações entre a Sociologia e a sociedade industrial
_ Sociologia nasceu na sociedade industrial; apareceu e adquiriu importância como conseqüência
da industrialização;
_ A “sociedade industrial” é a filha da Sociologia, seu próprio conceito pode ser considerado um
produto da moderna ciência social.
Sociologia e desigualdade
Costuma-se identificar a origem histórica da Sociologia na antigüidadegrega. Os pensadores gregos se
ocuparam de assuntos sociais. Mas, é certo que as estruturas sociais ainda não se havia convertido para
estes pensadores num problema de análise científica. Todos eles aceitaram o fato da desigualdade dos
homens, cuja problemática devia dar origem mais adiante à Sociologia, como “natural” ou “instituída por
Deus” ou, também, como “obra dos demônios”.
Somente noséculo XVIII a desigualdade transforma-se em um problema de fato. Com os trabalhos de
Rousseau (Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens -), Millar
(Sobre a origem das diferenças de classe), Schiller (História Universal), todos argumentando que a
desigualdade era gerada pela propriedade privada, inicia-se uma tradição de pensamento e investigação,
que tem seuprimeiro zênite em Marx no século XIX. Aqui começa a história da Sociologia como
desenvolvimento contínuo do tratamento científico de um problema específico.

O novo enfoque sobre a desigualdade

Na França e na Inglaterra do século XVIII, o princípio de legitimidade do sistema estamental de
privilégios, que dizia que uns eram superiores aos outros, entra em declínio.
Será que Deus realmente criouos homens socialmente “altos” ou “baixos”?
São as diferenças sociais uma conseqüência de direitos naturais, isto é, hereditários?
É o homem efetivamente o que é por nascimento ou, ao contrário, seria melhor dizer que é aquilo que
possui?
A imposição da noção moderna da igualdade dos cidadãos no Estado e a formação de uma classe
social fundada em sua posição econômica (burguesia eproletariado), foram os estímulos
fundamentais para ruptura com a visão pré-moderna da desigualdade social e os primeiros passos para
DAHRENDORF, Ralph. Sociologia e sociedade industrial.
.

Criação da Sociologia Científica.

Surgimento da Sociologia
A Sociologia nasceu no período industrial-capitalista; nasceu com a percepção de que as relações tidas
até então como naturais fossem de fato mutáveise históricas.

Primeira fase: crítica social (séc. XIX)
A produção dos “sociólogos” do século XIX (Saint-Simon, Proudhon, Ruge, Marx, Le Play, Booth,
etc.) foi marcada pela crítica social. Enquanto sociólogos, tratavam de descobrir, denunciar os males
sociais reais e não de justificá-los.

Segunda fase: Científica (séc. XIX-XX)
Ênfase no debate sobre juízos de valor (predominou a visão deMax Weber da inibição valorista).
Condena-se a valoração crítica; o que ficou foi a intenção de captar a realidade social e a postura
que o homem tem nela por meio da ciência da experimentação.

Sociedade industrial: criação da Sociologia Científica
O conceito de sociedade industrial data do século XIX, mas só adquire importância no século XX:
Os sociólogos e economistas políticos do...
tracking img