Teoria do fogo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TÓPICOS
· TEORIA DE FOGO
· COMBUSTÃO
· CLASSES DE INCÊNDIO
· MÉTODOS DE EXTINÇÃO
· EXTINTORES DE INCÊNDIO
· HIDRANTES
· EQUIPAMENTOS E SISTEMAS DE PROTEÇÃO CONTRA
INCÊNDIO
· PLANOS DE AÇÃO:
1. PLANO DE EVACUAÇÃO
2. BRIGADA DE INCÊNDIO
· EXPLOSÕES
1. CONCEITOS
2. PREVENÇÃO
· LEGISLAÇÃO REFERENTE A INCÊNDIO
· SEGURANÇA EM TRANSPORTES
1. CARGAS PERIGOSAS
2. SIMBOLOGIA
3.PROCEDIMENTOS EM CASO DE ACIDENTE
TEORIA DO FOGO
INTRODUÇÃO:
Química do Fogo
O fogo ou combustão resulta de uma oxidação rápida.
Conhecer as condições que determinam a ocorrência, ou não,
da oxigenação de uma substância com desenvolvimento de
calor e luz, é essencial para a compreensão dos princípios em
que se baseiam os métodos de controle e extinção do fogo.
Convém recordarmos que existem doistipos de reações
químicas: Endotérmicas e Exotérmicas. Reações endotérmicas
são aquelas que dão origem a uma substância com maior
energia do que existe nos compostos reagentes, processando-se
sem desprendimento de calor. As reações exotérmicas
produzem substâncias com menor energia do que existe nos
compostos reagentes e se processam com desprendimento de
calor.
As reações oxidantes queocorrem nos incêndios são
exotérmicas.
Para ocorrer uma reação oxidante devem estar
presentes: o material combustível e o agente oxidante.
O oxigênio é o elemento oxidante fundamental. A
oxidação de um material ocorre continuamente enquanto
estiver presente um agente oxidante normalmente o ar
(aproximadamente 1/5 de oxigênio e 4/5 de nitrogênio).
Porém, à temperatura ambiente, a reação é tãolenta que não
chega a ser perceptível. O "amarelamento" do papel e a
ferrugem são exemplos de oxidação lenta.
Em temperaturas mais altas como as que podem ser
criadas pela chama de um palito de fósforo, a taxa de oxidação
torna-se rápida, gerando grande quantidade de calor.
Caso esse calor gerado seja suficiente para manter a
reação após a remoção do palito de fósforo aceso, e casoapareçam chamas, diz-se que ocorreu a ignição. A combustão
é a queima contínua após a ignição.
Além do calor e do agente oxidante, mais um elemento
determinará a ocorrência da ignição e combustão: o material
combustível.
Este material poderá ser sólido, líquido ou gasoso,
sendo que quando nos dois primeiros estados, deverão ser
decompostos pelo calor em vapores que queimam com chama
visível.
Oefetivo controle e extinção do incêndio requerem um entendimento da natureza química e física
do fogo. Isso inclui informações sobre fontes de calor, composição e características dos
combustíveis e as condições necessárias para combustão.
TRIÂNGULO DO FOGO: Para facilidade de compreensão, o FOGO é representado
simbolicamente por um triângulo, ao qual denominamos "TRIÂNGULO DO FOGO".
Aexistência do fogo está condicionada à presença desses três elementos EM
CONDIÇÕES FAVORÁVEIS.
Durante a reação, isto é, durante a QUEIMA, há desprendimento do CALOR e LUZ,
continuamente.
TETRAEDRO DO FOGO:
Modernamente, foi acrescentado ao triângulo do fogo mais um elemento: A REAÇÃO EM
CADEIA, formando assim o tetraedro ou quadrado de fogo. Os combustíveis após iniciar a
combustão geram mais calorliberando mais gases ou vapores combustíveis, sendo que os
átomos livres são os responsáveis pela liberação de toda a energia necessária para a
reação em cadeia.
1 . COMBUSTÍVEL:
É toda substância capaz de queimar e alimentar a combustão.
Os combustíveis dividem-se em três grupos, de acordo com o estado físico em que se
apresentam:
a) Combustíveis sólidos:
a maioria dos combustíveissólidos transforma-se em vapores e, então, reagem com o
oxigênio, exemplos: madeira, papel, plástico, ferro, etc.
b) Combustíveis líquidos: tem algumas propriedades físicas que dificultam a
extinção do calor, aumentando o perigo. Os líquidos assumem a forma do
recipiente que os contém, é importante notar também que a maioria dos líquidos
inflamáveis são mais leves que a água, e portanto,...
tracking img