Teoria do controle patrimonial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA DE JACAREÍ

TEORIAS DO CONTROLE PATRIMONIAL

JACAREÍ
2011
José Carlos Marion

TEORIAS DO CONTROLE PATRIMONIAL

Artigo apresentado á disciplina Teoria da Contabilidade
Ministrada pelo professor Fábio, para obtenção parcial
De nota no curso de graduação em contabilidade.JACAREÍ
2011
Teoria do proprietário

O Patrimônio Líquido pode ser visualizado também conforme a teoria de controle predominante. Pela Teoria do Proprietário- aplicável principalmente nas sociedades de menor vulto, mas teoricamente também em grandes empresas, desde que haja um quotista absolutamente predominante-, o Patrimônio Líquido, como diferença entre ativo e passivo, pertence aoproprietário. Assim, a equação patrimonial é expressa por: ATIVO – PASSIVO = PATRIMÔNIO LÍQUIDO.
A Teoria do Proprietário assume que o PL pertence ao dono da empresa, os ativos e os passivos são dele, as receitas e despesas acrescem ou diminuem sua riqueza. Empresa e dono são, em suma, partes de um mesmo conjunto patrimonial. Sua aplicação é atribuída a pequenos negócios e sociedades simples.

Teoria daEntidade
Já pela Teoria da Entidade, o patrimônio dos acionistas ou quotistas, pessoas físicas ou jurídicas, não se confunde com o patrimônio líquido da entidade, na continuidade. Tanto que o lucro líquido em si, apurado ao final de um exercício, não pode, sumariamente, ser distribuído todos os acionistas, sendo necessária uma decisão de assembléia para fazê-lo, e após as reservas legais eestatutárias serem acantonadas.
O Patrimônio Líquido, em si, na continuidade, pertence á entidade. O próprio acionista não pode, a qualquer momento, retirar-se da sociedade, levando sua parcela de patrimônio, havendo prazos e regras para isso acontecer.
Pela Teoria da Entidade, a equação patrimonial é expressa como: ATIVO = PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO DA ENTIDADE, ou, conforme alguns autorespreferem, dando uma conotação mais abrangente ao termo “passivo”: ATIVO = PASSIVO.
Provavelmente, embora todas as teorias tenham sua importância a aplicações parciais, a Teoria da Entidade é a que mais influencia o desenvolvimento da Contabilidade de nossos dias.
A Teoria da Entidade diz que a empresa e dono são duas pessoas separadas. Seu foco é a entidade, dessa forma, o ativo e o passivo são daentidade, as receitas e despesas refletem-se na entidade e não no patrimônio do dono. Sua aplicação é dirigida às sociedades por ações e grandes empresas. É a que tem maior influencia nos dias de hoje na contabilidade

Teoria dos Fundos
A contabilidade por fundo foi desenvolvida para responder as necessidades dos governantes no uso dos recursos públicos. Se um município recebe recursos de um fundoespecial para realização de um determinado serviço ou cumprimento de um objetivo, as normas de aplicação dos recursos estão determinadas pela legislação. Este fundo não faz parte da estrutura administrativa e deverá ter uma contabilidade própria, com regras específicas de controle e prestação de contas.

Entretanto, para a criação de um fundo é importante que exista uma homogeneidade e umobjetivo unificador. Isto significa dizer que a existência de fundos pode levar a presença de mais de uma contabilidade, onde cada fundo específico terá valores monetários que irão representar a aplicação de recursos. Este Blog
| |
-------------------------------------------------
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário

A contabilidade por fundo foi desenvolvida para responderas necessidades dos governantes no uso dos recursos públicos. Se um município recebe recursos de um fundo especial para realização de um determinado serviço ou cumprimento de um objetivo, as normas de aplicação dos recursos estão determinadas pela legislação. Este fundo não faz parte da estrutura administrativa e deverá ter uma contabilidade própria, com regras específicas de controle e...
tracking img