Teoria das filas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2481 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Regional de Blumenau
Centro de Ciências Tecnológicas
Departamento de Engenharia Civil
Disciplina: Construção Civil II
Professor: Nilton Speranzini
Aluno: Marcell Thiago Poffo

Teoria das Filas
Em algumas ocasiões as filas apresentam-se em diversas configurações, tal como relata Prado (1999), que descreve algumas circunstâncias onde as filas são algo abstrato, como uma pilhade papéis referentes a pedidos de manufatura em uma fábrica, e em outras ocasiões a fila não é visualizada de maneira "enfileirada", mas sim, dispersa, como por exemplo pessoas em uma barbearia aguardando pelo atendimento, ou navios parados no mar, aguardando pelo momento de atracar no porto para descarga. Diante disto, pode-se caracterizar uma fila como sendo um conjunto de elementos físicos ouabstratos, dispostos de maneira seqüencial ou disperso, onde cada elemento componente da fila aguarda seu atendimento de forma ordenada.
O surgimento de filas no cotidiano das pessoas ocasionou o aparecimento e posterior aumento dos custos e atrasos no atendimento aos pedidos dos clientes, de tal forma que, a minimização de tais desperdícios tornou-se necessária, contribuindo assim para odesenvolvimento da Teoria das Filas.
De acordo com Klein (1981), a teoria das filas pode ser entendida como um processo matemático que preocupa-se com o dimensionamento das estações de atendimento, de forma a minimizar conjuntamente os seus custos, com os custos de espera dos elementos que aguardam para ser atendidos. Já Dantas (1978), relata que a teoria das filas é uma maneira de se estudar osfenômenos de espera, que em geral decorrem da necessidade de compartilhamento e utilização de recursos. Uma outra definição mais sucinta é proposta por Prado (1999), onde o autor afirma que a teoria das filas é um método analítico que aborda o assunto em questão através de equações matemáticas.
De uma maneira ou de outra, a teoria das filas foi criada com o mesmo propósito, ou seja, de se tentar obterum equilíbrio adequado entre a oferta de serviços e a demanda pelos mesmos, afim de se determinar um atendimento aceitável pelo menor custo.
O uso da teoria das filas, possui inúmeras aplicações, dentre as quais a que se propõe desenvolver neste trabalho, porém torna-se necessário fazer uma descrição sistêmica sobre a teoria das filas, procurando caracterizar seus elementos constituintes, taiscomo o tamanho da população que demanda determinado serviço, os processos de chegada e atendimento dos clientes, o disciplinamento da fila, entre outros.
Segundo Klein (1981), um sistema de filas é caracterizado pelos seguintes elementos: quantidade dos clientes que demandam o serviço, os processos que descrevem as chegadas e atendimentos dos clientes, e finalmente o disciplinamento da fila.Entretanto, Gross (1985), afirma que um determinado processo de filas, pode ser representado por seis características básicas, que são as seguintes:
- processo de chegada dos clientes;
ƒ - processo de atendimento;
ƒ - disciplinamento da fila;
ƒ - capacidade do sistema;
ƒ - número de canais de atendimento;
ƒ - numero de etapas de serviços.
Ainda de acordo com Gross (1985), em muitoscasos essas seis características básicas, fornecem uma adequada descrição de um sistema de filas. Entretanto, antes de serem descritas todas estas etapas, torna-se importante destacar um outro elemento inerente ao estudo da formação das filas, a fonte inicial das mesmas, a população, que representa os usuários (clientes do serviço) potenciais de um determinado serviço.
Porém, quando se estudasobre a teoria das filas, identificam-se dois tipos básicos de população: finita e a infinita, e sua abordagem depende exclusivamente do tamanho da amostra que se está analisando. Klein (1981) relata que, na maior parte dos problemas, a população é considerada finita, entretanto, se o tamanho da população for suficientemente grande, para efeitos práticos, pode-se assumir como sendo infinita, o que...
tracking img