Teoria da paisgem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3642 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
“Júlio de Mesquita Filho”

Relatório referente ao Trabalho de Campo da disciplina “Teoria da Paisagem”, ministrada pela professora Luciene C. Risso, para obtenção parcial de nota.



OURINHOS
Junho/2009

Introdução

O estudo da Paisagem esteve intrinsecamenteligado à Geografia desde o seu início, percorrendo por toda evolução do Pensamento Geográfico, variando seu conceito em diferentes correntes, às vezes sendo descartado, esquecido, ou simplesmente ignorado. Essa abdicação da discussão do conceito de paisagem, se deu, e às vezes, ainda é dado, pela dificuldade de uma abordagem concreta sobre paisagem, visto que trata-se de um termo, e mais que isso,um conceito de difícil explanação, dado seu grau de subjetividade.
Diversos foram os estudiosos geógrafos que buscaram um sentido pra o termo, e principalmente um conceito adequado para uma aplicação bem sucedida do estudo da paisagem na geografia, buscando assim uma melhor compreensão da relação sociedade x natureza.

Porém, muitas vezes, o estudo da paisagem baseou-se apenas na análise danatureza, dos aspectos naturais do ambiente, deixando de lado relações humanas e suas implicações no meio natural. A natureza era estudada por seus caracteres naturais com um caráter classificatório, que muitas vezes não respondia as perguntas feitas pelos pesquisadores, justamente por não tratar da sociedade inserida na natureza.

O geógrafo francês Georges Bertrand, frente a tantosquestionamento acerca deste conceito, buscou, na década de 70, um inovador estudo tentando elucidar o conceito de paisagem, criando a teoria dos Geossistemas, onde propõe um esquema taxonômico, proposta em função da escala temporo-espacial. Este esquema inclui seis níveis temporo-espaciais, com três categorias de análise: o próprio Geossistema, que é onde se acentua o complexo geográfico; as Geofácies ondese instala o aspecto fisionômico; e os Geótopos , que estão no último nível da escala espacial.

Com esta proposta, Bertrand afirma que “Enfim, o geossistema constitui uma boa base para os estudos de organização do espaço porque ele é compatível com a escala humana.” (BERTRAND, 2004, P.146).

A Teoria dos Geossistemas é bastante complexa, mas serviu muitos anos como um modelo de estudo eanálise da Paisagem.

Mais recentemente, Bertrand renovou as idéias acerca de sua teoria, aperfeiçoando-a, e agora, incluindo mais componentes humanísticos. Assim, surgiu o modelo GTP – Geossistema, Território, Paisagem. Neste modelo, o geógrafo inclui a seu estudo de geossistemas mais duas discussões acerca: A da paisagem, agora com uma abordagem mais humana ( ou pode ser dita, mais cultural), e oterritório, servindo como premissa para a existência da paisagem.

Esses conceitos serão abordados mais claramente acerca do decorrer deste trabalho, que busca utilizar-se deste modelo criado por Bertrand, o GTP, para um breve estudo da paisagem avistada no Trabalho de Campo da disciplina de Teoria da Paisagem, realizado no município de Brotas-SP, nos dias 30 e 31 de maio de 2009, buscando umarelação da teoria e o trabalho empírico, tão importante nos estudos geográficos.

As atividades realizadas neste Trabalho de Campo foram: visita à estância turística “Areia que Canta”, que possui diversas atividades de lazer baseadas em turismo ecológico e esportes radicais, palestra com os secretários municipais de meio ambiente e turismo do município, e visita à cachoeira Cassorova.Objetivos

Buscar uma melhor compreensão do conceito de Paisagem na Geografia, aliando o teórico-conceitual ao empírico através das visitas realizadas no município de Brotas no Trabalho de Campo da disciplina, realizando uma análise das categorias de paisagens avistadas através do sistema GTP (Geossistema, território, Paisagem), de Georges Bertrand.

Metodologia

- Levantamento bibliográfico:...
tracking img