Teoria da literatura estudo dirigido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de agosto de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - Como Roberto Acízelo considera a relação entre teoria e senso comum?
O autor considera a teoria uma forma de responder de maneira mais exata, complexa e completa às questões que o senso comumtende a explicar através de conceitos rudimentares.
2 - a) Em que consistem, para Acízelo, as atitudes descritivista e normativista na teorização sobre a literatura? Como,  historicamente, essasatitudes têm se manifestado?
“a atitude normativa diz o que a literatura deve ser e como deve ser julgada; a atitude descritiva diz o que ela é e que explicações prováveis lhe são apropriadas.” Página 15“1. Em Platão e Aristóteles, isto é, na época clássica grega
(séculos V-IV a.C), mesmo tendo havido sensíveis colocações
normativas, parece ter predominado uma especulação mais aberta.
2. Ainda naAntigüidade, depois da época clássica, o tom
normativo se impõe, tanto entre os gregos quanto entre os latinos.
3. Na Idade Média, o normativismo persiste, tanto pelo
continuado prestígio de umadisciplina surgida na Antiguidade
— a retórica — quanto pelo aparecimento da chamada gaia
ciência — a arte ou técnica de compor versos segundo a prática
dos poetas ligados ao lirismo de origem provençal,florescente
no período que se estende do século XI ao XIII.
4. Na época que vai de fins do século XV até o século
XVIII, ocorre uma redescoberta entusiástica da Poética de Aristóteles, que érepublicada, traduzida, comentada, além de influir
decisivamente em diversos tratados então surgidos, os quais
acentuam fortemente a nota normativa cuja presença em Aristóteles se pode considerar discreta. Essateorização clássica ou neoclássica constitui uma verdadeira preceptistica (isto é, conjunto de preceitos, normas ou regras referentes à elaboração e à avaliação crítica da literatura), correspondendoao período de vigência de atitude normativa mais exacerbada.
5. A partir do século XIX, a consolidação do Romantismo
faz ruir a preceptistica consagrada pelo Classicismo moderno
(de fins do...