Teoria da contingencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Teoria da Contingência
A Teoria da contingência salienta que não há nada de absoluto nas organizações ou na teoria administrativa. Tudo é relativo. Tudo depende. A abordagem contingêncial esclarece que existe uma relação funcional entre as condições do ambiente e as técnicas administrativas adequadas para o alcance eficaz dos objetivos da organização. As variáveis ambientais sãovariáveis independentes, enquanto as técnicas administrativas são variáveis dependentes dentro de uma relação funcional. Na verdade, não existe uma eventualidade direta entre essas variáveis independentes e dependentes, pois o ambiente não causa a ocorrência de técnicas administrativas. Em vez de uma relação de causa e efeito entre as variáveis do ambiente (independentes) e as variáveis administrativas(dependentes), existe uma relação funcional entre elas. Essa relação funcional é do tipo "se - então" e pode levar a um alcance eficiente dos objetivos da organização.
A relação funcional entre as variáveis independentes e dependentes não contradiz que haja uma relação de causa-e-efeito, pois a administração é ativa e não passivamente subordinada no exercício da administração contingêncial. Oreconhecimento, diagnóstico e adaptação à situação são evidentemente importantes, porém, eles não são suficientes. As relações funcionais entre as condições ambientais e as práticas administrativas devem ser constantemente identificadas e especificadas.
[pic]

Origens da Teoria da Contingência
A Teoria da contingência originou-se a partir de uma série de pesquisas feitas paraaveriguar quais os modelos de estrutura organizacionais mais eficazes em determinados tipos de empresas. As pesquisas pretendiam confirmar se as organizações bem sucedidas seguiam pressupostos da teoria Clássica, os resultados conduziram a uma nova concepção das empresas. Essas pesquisas e estudos foram contingentes na medida em que procuravam compreender e detalhar o modo pelo quais as empresasfuncionavam em diferentes situações. Estas situações variam de acordo com o ambiente ou contexto que as empresas escolheram como seu domínio de operações. Em outras palavras, essas condições são ditadas de fora, ou seja, pelo ambiente externo. Essas contingências externas podem ser consideradas oportunidades ou restrições que influenciam a estrutura e os processos internos das organizações.Explicaremos duas das principais pesquisas.
Pesquisa de Alfred D. Chandler sobre estratégia e estrutura organizacional
Chandler efetuou uma investigação histórica sobre as mudanças de grandes empresas americanas, Du Pont, General Motors, Sears e Standard Oil e a Sears Roebuck & Co. Ele analisa as corporações americanas e mostra como a sua estrutura foi sendo continuamente adaptada eajustada à sua estratégia. A conclusão de Chandler é de que, a estrutura organizacional das grandes empresas americanas foi sendo gradativamente determinada pela sua estratégia mercadológica. A estrutura organizacional corresponde ao desenho da organização, isto é, à forma organizacional que ela assumiu para integrar seus recursos, enquanto a estratégia corresponde ao plano global de alocação dosrecursos para atender a uma demanda do ambiente. As organizações passaram por um processo histórico envolvendo quatro fases iniciais distintas:
• Acumulação de recursos: Iniciou-se após a Guerra da Secessão americana (1865), com a expansão ferroviária que fortaleceu o mercado para o ferro e aço e o mercado moderno de capitais. Nesta fase as empresas optaram estender suas instalações de produção aorganizar uma rede de distribuição. A preocupação com matérias-primas promoveu o crescimento dos órgãos de compra e aquisição de empresas fornecedoras que detinham o mercado de matéria-prima. Daí o controle por integração vertical que permitiu o aparecimento da economia em escala.
• Racionalização do uso de recursos: Iniciaram-se em pleno período da integração vertical, as empresas...
tracking img