Teoria da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1679 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera – UNIDERPE
Curso: Administração Período Letivo: 2012
Semestre: 2º Sem. Disciplina: Teoria da contabilidade
Cidade: Araguaína Data: 21/11/2012
Tutor Presencial: Márcia Mendes
Professor EAD: Ma. Juliana Leite Kirchner
Acadêmicos:
Lucas Samuel Souza silva RA: 405003Kaique Alves TeixeiraRA: 403557


Teoria da contabilidade
A historia da contabilidade e tão antiga quanto a civilização, está ligada as primeiras manifestações humana das necessidades social de proteção a posse de perpetuação dos fatos ocorridos com objetivo material que o homem sempre despõe para alcançar os fins propostos.
A origem da contabilidade está ligada a necessidade de registro decomercio, a indícios que as primeiras cidades, comércios eram dos fenícios. A prática do comercio não eram exclusivas deles, sendo exercidas nas principais cidades da antiguidade.
A atividade de troca e venda dos comerciantes semíticos queriam o acompanhamento das avaliações de seus bens quando cada transação era efetuada. As trocas de bens, serviços eram seguidas de simples registros ou relatóriossobre o fato, mas a cobrança de impostos na Basilonia já se fazia com escritas, embora rudimentares.
Uma escrita egípcia contabilizou os negócios efetuados pelo governo de seus países no ano 200 A.C. A medida que que o homem começava maior quantidades de valores procurava-lhe saber quanto poderia render e qual a forma mas simples e aumentar suas posses, tais informações não eram de fácilmemorização quando já maior volume requerendo registro.
Pelo fato do homem não saber escrever há mais de 20.000 anos atrás, ele criou uma das formas mais primitivas de inscrição, que foi a artística, para registrar seus feitos durante o dia. O homem caçava algum animal ou apanhava algum fruto e posteriormente registrava em pinturas gravadas nas paredes esses fatos, podendo-se concluir que nascia daía necessidade de controle da entidade.
Observa-se que a Contabilidade possui algo em comum com a arte, a Escrita e a Matemática, pois são ciências que surgiram ao se usar uma a outra como base para registros dos fatos que ocorriam no dia-a-dia.
O mais antigo documento dessa época que se conhece parece ser o que nos apresenta Figuier. Foi encontrado na gruta D´Aurignac, no departamento deHaute Garone, na França; uma lâmina de osso de rena, contendo sulcos que indicam quantidades.
Os fatos anteriormente citados evidenciam uma pequena parcela do que, com o passar dos anos, o homem descobriria sozinho como registrar seus bens usando até então a desconhecida Contabilidade.
Segundo Sá o nascimento da Contabilidade é o da inscrição de elementos da riqueza patrimonial,passando, aos poucos, a registros de melhor qualidade”.
Há mais de 6.000 anos atrás, o comércio era intenso, o controle religioso sobre o Estado já era grande e poderoso, daí derivando grande quantidade de fatos a registrar, ensejando, também, o desenvolvimento da escrita Contábil.



Todos os registros eram feitos usando-se peças de argila com relação a cada fato, quando surgiu a expressão “meu”e “seu”, de Débito e Crédito, sendo “Débito” (o que alguém tem que me pagar) e “Crédito” (o que eu devo pagar a alguém).
Com o advento do Papiro no Egito, a Contabilidade só teve a ganhar, pois ela pode ter seus registros mais sofisticados passados em Livros Contábeis. A invenção da escrita impulsionou mais a evolução, segundo estudiosos da questão, foi a escrita Contábil que deu origem àescrita comum e não o inverso.

De acordo com Sá Amplo era o uso dos livros na antiguidade clássica, porque ampla era a análise dos fatos, os romanos chegavam a ter um livro de escrituração de fatos patrimoniais para cada atividade que era desenvolvida (livro de fabricação do azeite, livro da fabricação do vinho, livro dos bens patrimoniais, livros das despesas e receitas, e outros)....
tracking img