Teoria da avaliação cognitiva

Teoria da Avaliação Cognitiva

Baseado em diversas pesquisas e estudos realizados, pode-se afirmar que a teoria da avaliação cognitiva propõe que a introdução de recompensas para trabalhos que anteriormente eram gratificantes apenas pelo seu conteúdo, tende a reduzir a motivação. Os teóricos da motivação, afirmam que as motivações intrínsecas são independentes dos motivadores extrínsecos, ouseja, um estímulo não afetaria o outro. Já a teoria da avaliação cognitiva sugere que quando um indivíduo é remunerado por realizar uma tarefa que ele considera interessante, isso causa a queda no interesse pela tarefa em si (Drucker 2007, apud Alfie konh,1993). Segundo Robbins (2004) a realização da tarefa propõe a introdução de recompensas, nesse caso o pagamento, que faz com que ocorra o aumentoda motivação dos funcionários, isso prova que há certa interdependência entre as recompensas intrínsecas e extrínsecas. Robbins afirma ainda que o recebimento de recompensa para a realização de uma atividade que antes era gratificante por si só tende a reduzir a motivação pela realização desta. Sendo assim as gratificações externas não trazem motivação por si só se a atividade a ser realizada nãocausar motivação para o indivíduo.
Para Drucker, as recompensas materiais são cada vez menos eficazes, como força de motivação. Edward Deci (2000, apud Robbins, 2004) afirma que o sujeito tem de controlar o ambiente e se sentir competente no mesmo. O sujeito realiza seu comportamento para obter a recompensa de uma meta podendo ser classificada como: intrínseca (sentimento de competência),extrínseca (objeto externo) ou afetiva (experiência emocional positivo). Quando a recompensa extrínseca está associada com uma tarefa que tem pouca ou nenhuma importância para a pessoa que irá executá-la, não haverá impacto sobre a motivação intrínseca. Agora, se a tarefa em si possuir significado para o indivíduo, é possível verificar o efeito positivo, recompensa extrínseca em motivação intrínseca.Para (Harackiewicz e Sansone, 2000, apud Robbins, 2004) avaliação cognitiva nada mais é que a interpretação de resultados, obtidos através de testes realizados e aplicados a forma como as pessoas são remuneradas nas organizações. Inúmeros fatores devem ser observados nessa avaliação: idade, nível de escolaridade, motivação interesse, comportamentos, aspectos emocionais, sociais entre outros.
Deacordo com Clay Shirky (2011) Quase sempre as necessidades estão relacionadas a coisas externas, o que não acontece com os interesses, que são sempre internos. As coisas pelas quais nos interessamos partem de nossa vontade de adquiri-las ou fazê-las, enquanto que as necessidades nos são impostas, em muitos casos, por fatores alheios à nossa vontade.
Shirky (2011) relata que os primeiros estudos queestabeleceram os efeitos das recompensas sobre a motivação foram conduzidos no início dos anos 70 por Edward Deci, professor e catedrático do departamento de psicologia da Universidade de Rochester em 1970. Deci realizou um experimento que serviu de base para sua teoria, concluindo assim que nem sempre as recompensas em dinheiro são a solução para a falta de motivação, e que ao contrário podem,podem fazer com que as motivações internas se evaporem. Isto é, quanto mais as pessoas prestam atenção à quantidade de dinheiro ou a outras recompensas que podem obter através do trabalho menos elas apreciam seu trabalho pela atividade em si.
Numa dessas experiências Deci reuniu dos grupos de universitários e propôs o mesmo desafio para ambos: a montagem de um quebra cabeça dentro de umdeterminado tempo. Sendo que um grupo receberia uma recompensa por participar da atividade e outro não. Tendo assim sido encerrado o tempo o grupo que recebeu a recompensa encerrou sua atividades enquanto que o outro grupo continua jogando por puro prazer mesmo após o tempo de a atividade ter sido encerrado.
De acordo com Alfie Kohn 1993, esta teoria pode servir de base para explicar por que muitas...
tracking img