Teoria da administração

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

|1 – INTRODUÇÃO |4 |
|2 – TEORIA DOS SISTEMAS |5 |
|3 – CONCEITOS|7 |
|4 – DESCRIÇÃO DO CASO |8 |
|4.1 – BREVE HISTÓRICO |8 |
|4.2 – ESTRUTURA SISTÊMICA|8 |
|5 - CONCLUSÃO |10 |
|– REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS |11 |

1. INTRODUÇÃO

Um importante fato nas organizações, sejam elasatuais ou não, é a permanente busca pela eficiência. Na realidade, a eficiência é uma das bases da produtividade máxima que garante a sobrevivência das empresas no mercado.

No presente artigo serão apresentados os principais aspectos da Teoria de Sistemas, que servirão de base para o perfeito entendimento dos assuntos abordados no livro básico e tem, também, como objetivo verificar a aplicaçãoda abordagem sistêmica da administração, revelando os resultados observados em uma empresa.

Nesse sentido o trabalho poderá proporcionar uma grande oportunidade de observar se a aplicação de uma série de conceitos, o que contribuirá para a complementação e fixação de nossos encontros teóricos.

2. TEORIA DOS SISTEMAS

A Teoria de Sistemas tem origem a partir da década de 1960 com ostrabalhos de Ludwig von Bertalanffy, opondo-se com o mecanicismo e propondo uma abordagem global e integrada (CHIAVENATO, 2000).

Para Robbins (1981) a teoria de sistemas contribuiu na integração das teorias administrativas e reconhece as organizações dentro de um contexto dinâmico e complexo.

As abordagens Científica e Clássica não conseguiram fazer uma síntese do pensamento administrativo até entãodesenvolvido, assim a Teoria de Sistemas é uma tentativa de integração com as teorias predecessoras.

Sistemas são partes que interagem, agregam valores, constitui um todo e não a mera soma das partes relaciona a organização com o ambiente externo, influencia e é influenciado por este ambiente.

Bertalanffy cita duas características principais dos sistemas: propósito ou objetivo – qualquersistema tem um propósito ou objetivo; globalismo ou totalidade – mudança em uma parte do sistema acarretará mudanças no todo tendo em vista o inter-relacionamento das partes.

Os sistemas podem ser classificados de diferentes maneiras:

• Quanto ao relacionamento com outros sistemas:
Abertos (Relacionam-se com o ambiente)
Fechados (Não se relacionam com o ambiente)• Quanto à previsibilidade do funcionamento:
Determinísticos (Apresentam previsibilidade absoluta)
Probabilísticos (Apresentam previsibilidade relativa)
• Quanto à complexidade:
Simples (Contêm pequeno número de elementos)
Complexos (Contêm grande número de elementos)
• Quanto à forma de constituição:
Naturais (Independem damanipulação humana)
Artificiais (Dependem de manipulação humana)
• Quanto à natureza:
Concretos (compostos de elementos materiais)
Abstratos (Compostos de conceitos, idéias, etc)

Os parâmetros do sistema são “constantes arbitrárias” representados por:

entrada (input); processamento ou transformação (throughput); saída, resultado ou produto (output);...
tracking img