Teoria da adm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 44 (10922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Administração é o sistema estruturado e intuitivo que consolida um conjunto de princípios, processos e funções para alavancar, harmonicamente, o processo de planejamento de situações futuras desejadas. E seu posterior controle e avaliação de eficiência, eficácia e efetividade, bem como a organização – estruturação – direção dos recursos das organizações para os resultadosesperados, com a minimização dos conflitos interpessoais. (OLIVEIRA, 2008).

De acordo com a definição, pode-se afirmar que administração consiste em se munir de conceitos, estudos e teorias e dirigir os diversos recursos da administração, a fazer o melhor para a obtenção dos objetivos propostos.

Por ser considerada uma ciência social, a administração tem como foco reunir as pessoaspara alcançar os resultados e fazer fluir o processo. Através dos resultados conseguidos no processo, atingir as pessoas do ambiente externo sanando suas necessidades e melhorar sua forma de gerir através do confronto de informações do ambiente interno e externo. Pode-se afirmar que administração é uma ciência tecnológica, pois seus estudos, métodos e conhecimento estão em constante evolução apesarde ter uma base fundamentada na Escola Clássica de Administração.

A administração age como parceiro da organização, estudando-as, levantando entraves, corrigindo falhas e solucionando problemas, através do planejamento estratégico, organização dos métodos, direção dos processos e das pessoas, gerindo e controlando os recursos.

Habilidosa na manutenção da saúde econômica daempresa, a ciência administrativa integra os vários pontos das áreas funcionais que compõem a organização em conjunto com os interesses pessoais do elemento humano.


Dirigindo as questões administrativas com a intenção que correspondam com os interesses da comunidade que se localiza ao seu entorno. Instalando na organização fatores como lealdade, tradição, amizade, compreensão, coragem,paciência e perseverança, transformando uma organização em algo humano e dinâmico, adaptável à mudança em função das circunstâncias, criando satisfação das pessoas pelo trabalho e seu relacionamento.

Sendo sucinto, porém objetivo, Araújo e Garcia (2010), defini administração como “(...) guiar as pessoas a cumprir suas diferentes tarefas em busca de um único objetivo”.

Indubitavelmenteadministrar é gerir as pessoas que formam uma organização, pois todo o processo esta intimamente correlacionada com a forma com que o ser humano manufatura produtos ou serviços.

1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Toda empresa, antiga ou moderna, tem como grande objetivo, resolver os problemas que surgem no decorrer dos processos produtivos. Estes problemas acarretam em retrabalho. Desacelerandoa produção, paralisando os setores e conseqüentemente na queda dos níveis de qualidade.
A ineficiência do corpo operacional prejudica o alcance às metas, eliminando a efetividade da corporação, ou seja, provoca a dissonância entre os níveis organizacionais da empresa.

O principal estudioso em eficiência e produtividade na empresa, Taylor, se preocupou em estudar o trabalho de cadaoperário, definindo assim sua metodologia. Seus ensaios foram primordiais para a decomposição e racionalização dos tempos e movimentos, descobrindo assim a maneira de fazer o certo ao menor tempo, maximizando a eficiência de cada funcionário.

Com Taylor, a eficiência passa a ser conceituada como a relação entre o desempenho real do operário e o padrão de desempenho estabelecidopreviamente. (CHIAVENATO, 1999).

Com a racionalização do trabalho se fazia necessário enfatizar a estrutura organizacional. A estrutura e as pessoas eram variáveis que necessitariam se correlacionar como meio de melhorar a eficiência de ambas. Com esta visão Max Weber enfatiza a relação de poder entre os papeis e dos cargos que os membros da organização ocupam.

As empresas também...
tracking img