Teoria da adm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1861 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
I) TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO


Em 1916 surgia na França, espraiando-se rapidamente pela Europa, a Teoria Clássica da Administração, que se caracterizava pela ênfase na estrutura que a organização deve possuir para ser eficiente.
A Teoria Clássica da Administração foi fundada por Henry Fayol (1841 – 1925). Fayol nasceu em Constantinopla e faleceu em Paris, vivendo as conseqüênciasda Revolução Industrial, e mais tarde, da Primeira Guerra Mundial. Formou-se em engenharia de minas e entrou para uma empresa metalúrgica e carbonífera onde fez sua carreira. Ele expôs sua Teoria de Administração no livro Administration Industrielle et GéneraleI , publicado em 1916.


a) As funções básicas da empresa


Fayol salienta que toda empresa apresenta seis funções, asaber:
• Funções técnicas: relacionadas com a produção de bens ou de serviços da empresa – produção, fabricação, transformação.
• Funções comerciais: relacionadas com a compra, venda e permutação.
• Funções financeiras: relacionadas com a procura e gerência de capitais. Nada se faz sem sua intervenção. O capital é necessário para o pagamento de salários, para a aquisição deimóveis, utensílios e matérias-primas, para o pagamento de dividendos, para a realização de melhorias, etc.
• Funções de segurança: relacionadas com a proteção e preservação dos bens e das pessoas. Sua função é proteger os bens e as pessoas contra o roubo, o incêndio e a inundação, e evitar, os atentados e, em geral, todos os obstáculos de ordem social que possam comprometer o progresso e mesmo avida da empresa.
• Funções contábeis: relacionadas com o controle, inventários, registros, balanços, custo e estatística. Constitui o órgão de visão das empresas. Deve revelar a qualquer momento a posição e o rumo do negocio. Deve dar informações exatas, claras e precisas sobre a situação econômica da empresa.
• Funções administrativas: relacionadas com a integração de cúpula dasoutras cinco funções. As funções administrativas coordenam e sincronizam as demais funções da empresa, pairando sempre acima delas. Nenhuma das cinco funções precedentes tem o encargo de formular o programa geral de ação da empresa, de constituir o seu corpo social, de coordenar os esforços, de harmonizar os atos.


b) Conceito de Administração


Para esclarecer a funçãoadministrativa, Fayol define o ato de administrar como: prever, organizar, comandar, coordenar e controlar.

• Prever: visualizar o futuro e traçar o programa de ação.
• Organizar: constituir o duplo organismo material e social da empresa.
• Comandar: dirigir e orientar o pessoal. Leva a organização a funcionar.
• Coordenar: ligar, unir, harmonizar todos os atos e todos osesforços coletivos
• Controlar: verificar que tudo ocorra de acordo com as regras estabelecidas e as ordens dadas.


c) Princípios Gerais da Administração para Fayol


1. Divisão do Trabalho: As tarefas devem ser divididas e os funcionários devem se especializar em um número limitado de tarefas. A especialização das tarefas e das pessoas aumenta a eficiência.
A divisão dotrabalho tem por finalidade produzir mais e melhor, com o mesmo esforço. O operário que faz todos os dias a mesma peça e o chefe que trata constantemente dos mesmos negócios adquirem mais habilidade, mais segurança e mais precisão e, consequentemente, aumentam de rendimento. Cada mudança de ocupação ou de tarefas implica num esforço de adaptação que diminui a produção. Para a Teoria Clássica, adivisão do trabalho pode dar-se em duas direções a saber:
- Verticalmente: segundo os níveis de autoridade e responsabilidade (como na escala hierárquica e o princípio escalar), definindo os diferentes escalões de autoridade. Esta aumenta na medida em que se sobre na hierarquia da organização. A idéia básica era a de que as organizações com linhas de autoridade bem definidas seriam mais...
tracking img