Teoria custo e oportunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5566 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso:Administração
Semestre:2ºSemestre Disciplina:Economia
Nome do Tutor Presencial:
Nome Professor EAD:Ma. Renata Machado Garcia Dalpiaz
Nome dos Alunos:
*Marco Aurelio Miranda Moraes RA:337674
e-mail:marcoaureliom@hotmail.com
*Marcos Antônio Fernandes Ferreira RA:346259
e-mail:marcos3zfernandes@hotmail.com
*Eva Juliana Estevam Morinigo RA:347394
e-mail:julianamorinigo@hotmail.com*Hellen Reides Pereira RA:334510
e-mail:picochicles@hotmail.com
*Aquiano de Oliveira RA:334160
e-mail: aquiano_debora@yahoo.com.br
| |
| |

ETAPA 1:

Aula Tema:Fundamentos Econômicos.

CONCEITO DE CUSTO DE OPORTUNIDADE.
Fonte:www.eac.fea.usp.br

Nem sempre nos textos econômicos a expressão“Custo de oportunidade”
aparece de forma explicita. Por vezes os autores utilizam uma expressão
sinônima: “Custos alternativos”.
Segundo Burch & Henry 1, foi Frederich Von Wieser quem deu origem à
expressão “custo de oportunidade” para definir o valor de um fator de produção
em qualquer uso que lhe fosse dado, sendo tal custo de oportunidade “a renda
líquida gerada pelo fator (de produção) emseu melhor uso alternativo”.
O conceito de custos de oportunidade pressupõe alternativa viável e, portanto,
existentes para o consumidor ou para o empresário. Pressupõe, também, uma
decisão efetiva sendo tomada e que, o sendo, acarreta o sacrifício/abandono de
outras (s) que não foi o (ram).
Os exemplos da utilização do conceito de custo de oportunidade são freqüentes
nos livros consultadosapesar de, em alguns deles, não ser alertado ao leitor que,
no dia-a-dia da vida de uma empresa não existe, para uma possível decisão a ser
tomada, um organismo gerador do custo de oportunidade de tal decisão, de modo
que o empresário/administrador possa decidir por ela ou não. Em outras palavras,
supondo que há uma decisão possível que conduza a um resultado positivo de$
50. Se houvesseaquele organismo e se ele informasse que a decisão pretendida
do empresário tem um custo de oportunidade de $ 70, provavelmente ele não a
tomaria pois estaria deixando de ganhar (lucrar) $ 70 para lucrar apenas $ 50.
Houvesse essa facilidade, por certo boa parte das dores de cabeça dos
empresários estaria resolvida. Mas não há!
Um exemplo de que antes afirmado pode ser observado numa situação, emque
uma empresa BC se defronta com as alternativas de utilizar determinado local que
possui como ponto de venda ou arrenda-lo para terceiros, que lhe oferecem $
20.000 de aluguel mensal. Ora, se usar não pode arrendar, e vice versa.
O custo de oportunidade de continuar usando é de $ 20.000(a alternativa
abandonada), mas isso nada diz aos administradores da empresa ABC. Ou seja,
esta únicainformação não lhes permite decidir.
Exemplos:
Com a copa do mundo se aproximando,é cada vez maior a quantidade de pessoas que se vêem tentadas a comprar uma TV nova para assistir os jogos. Mas até que ponto vale a pena fazer esse tipo de compra? Já assistimos esse filme antes: em 2006, com a novidade representada pelas Tvs de plasma, as vendas desses equipamentos eletronicos estavam explodindo,conforme atestam duas matérias veiculadas, na época, na midia, uma da Folha Online e outra do Portal Terra.
Naquele ano, as vedetes era as Tvs de Plasma de 42 polegadas. No decorrer desses 4 anos, novas tecnologias foram incorporadas as Tvs, e hoje tambem temos as opções das televisores de LCD e de LED, Os preços naturalmente tambem cairam. Alias, já vinham caindo desde 2005, conforme atesta areportagem da Folha.
Quem puder aguardar deve economizar. De janeiro a dezembro de 2005, o produto de 42 polegadas baixou de R$19.999 para R$9.999. Hoje 30/04/2006, data da reportagem, já custa menos de R$8.000 vai acontecer novos cortes nos preços de até 50% no segundo semestre-apurou a Folha.
O que mais valeria em 2014: um patrimônio de mil reais armazenado na sala de estar, ou um patrimônio...
tracking img