Teoria comportamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria Comportamental
A Teoria Comportamental surgiu devido a ineficiência da administração científica em relação a produção e a harmonia no local de trabalho. Se preocupava com as pessoas, com os grupos sociais e com a organização informal.
Segundo Chiavenato em Administração geral e pública(2006 pag 54):

[...] A Teoria Comportamental (ou Teoria Behaviorista) daAdministração trouxe uma nova concepção e um enfoque dentro da teoria administrativa : a abordagem das ciência do comportamento(behavioral sciences approach), o abandono das posições normativas e prescritivas das teorias anteriores(Teoria clássica, Relações Humanas e da Burocracia) e a adoção de posições explicativas e descritivas.A ênfase permanece nas pessoas, mas dentro do conyexto organizacional maisamplo.[...]

Teorias X e Y.
A teoria X considera que a melhor forma de administrar é através da fiscalização e controle externo rígido, já que as pessoas são indolentes, preguiçosas, fogem da responsabilidade e somente trabalham por recompensa(salario). Chiavenato afirma que o salario passa a ser o único estimulo valido para a teoria x, pois prevalece sempre o ambiente de desconfiança,de vigilância e de controle, tirando-se das pessoas qualquer possibilidade de iniciativa própria ou de escolha quanto a maneira de trabalhar ou de realizar as tarefas.
A teoria y propõem uma série de medidas inovadoras e humanistas dentro as quais estão: descentralização das decisões e delegação de responsabilidades; ampliação do cargo; participação nas decisões e administração consultiva;auto-avaliação de desempenho. Para Chiavenato a teoria y representa um moderno estilo de direção apregoado pela Teoria Comportamental e teorias administrativas posteriores: propõe um estilo de direção francamente participativo e democrático, baseado nos valores humanos e sociais.

Processo decisório
Dentro da teoria Comportamental existe um importe processo: o processo decisório. Oprocesso decisório surgiu com Herbert Simon, que a utilizou como base para explicar o comportamento humano nas organizações. A Teoria Comportamental concebe a organização como um sistema de decisões. Neste sistema, cada pessoa participa racional e conscientemente, escolhendo e tomando decisões individuais a respeito de alternativas mais ou menos racionais de comportamento. Assim, a organização estápermeada de decisões e de ações. Nas teorias anteriores, muita importância foi dada às ações e nenhuma às decisões que as provocaram. O processo decisório envolve seis elementos: tomador de decisões, objetivos, preferencias, estratégia, situação e resultado.
O processo decisório envolve sete etapas:
1. Percepção da situação que envolve algum problema.
2. Analise e definição do problema.3. Definição dos objetivos.
4. Procura de alternativas de solução ou cursos de ação.
5. Escolha da alternativa mais adequada ao alcance dos objetivos.
6. Avaliação e comparação das alternativas.
7. Implementação da alternativa escolhida.
Para Chiavenato Cada etapa influencia as outras e todo o processo. Nem sempre as etapas são seguidas a risca. Se a pressão for muitoforte pra solução imediata, as etapas de definição dos objetivos, escolha de alternativa mais adequada e implementação da alternativa escolhida podem ser abreviadas ou suprimidas. Quando não há pressão, algumas etapas podem ser ampliadas ou estendidas no tempo.

Sistemas administrativos
A Administração pode assumir faces diferentes em cada organização dependendo de condições externas einternas. Likert destaca quatro sistemas de administração:
• Sistema 1- Autoritário coercitivo: Consiste em um sistema que controla tudo o que acontece dentro da organização. É um sistema mais duro e fechado.
• Sistema 2- Autoritário benevolente: é uma variação do sistema 1, porém, mais condescendente e menos rígido.
• Sistema 3- Consultivo: representa um abrandamento da rigidez...
tracking img