Teoria burocratica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1822 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A da Teoria burocratica..
Racionalidade Burocrática
A racionalidade é um conceito muito ligado à Burocracia para Weber e implica na adequação dos meios aos fins. No contexto burocrático, isto significa eficiência.
A Burocracia é baseada em
* caráter legal das normas
* caráter formal das comunicações
* a impessoalidade no relacionamento
* a divisão do trabalho
*hierarquização de autoridade
* rotinas e procedimentos.
* competência técnica e mérito
* especialização da administração
* profissionalização
* previsibilidade do funcionamento
Conseqüências previstas
* previsibilidade do comportamento humano.
* padronização do desempenho dos participantes.
Objetivos
Máxima eficiência da organização:
* uma organização é racional se os meiosmais eficientes são escolhidos para a implementação das metas,
* a racionalidade funcional é atingida pela elaboração – baseada no conhecimento cientifico – de regras que servem para dirigir, partindo de cima, todo comportamento de encontro à eficiência.
Weber usa o termo burocratização em um sentido mais amplo, referindo-se também às formas de agir e de pensar que existem não somente nocontexto organizacional, mas que permeiam toda a vida social antiga.
Weber, baseado em princípios protestantes, foi quem primeiro definiu a Burocracia não como um sistema social, mas como um tipo de poder suficiente para a funcionalidade eficaz das estruturas organizacionais, sejam estas pertencentes ao Governo ou de domínio econômico privado.
A característica principal da Burocracia, segundo Weber,reside na racionalidade do ponto de vista das atividades desempenhadas na organização. A Teoria Clássica já abordava certa racionalidade, porém esta se manifestava apenas na mecanização dos processos e não na mecanização das atividades dos indivíduos.
Na Burocracia a liderança se dá tipicamente calcada em regras impessoais e escritas e através de uma estrutura hierárquica; o poder é legítimo edepende exclusivamente do grau de especialidade e competência técnica de quem o detém.
11.Elementos B ásicos
Autoridade
Poder
Hierarquia
Disciplina
Ordem
Controle
12.Vantagens
previsibilidade do funcionamento;
univocidade de interpretação;
padronização de rotinas e procedimentos;
redução de conflitos;
subordinação natural aos mais antigos;
confiabilidade nas regras donegócio;
hierarquia formalizada;
precisão na definição de cargos e operações
13.Desvantagens
Para Weber, a burocracia é uma organização cujas conseqüências desejadas se resumem na previsibilidade do seu funcionamento no sentido de obter a maior eficiência da organização.
1- Internacionalização das regras e exagero apego aos regulamentos;
2- Excesso de formalismo e de papelório;
3-Resistência a mudanças;
4- Despersonalização do relacionamento;
5- Categorização como base do processo decisorial;
6- Superconformidade às rotinas e procedimentos;
7- Exibição de sinais de autoridade;
8- Dificuldade no atendimento a clientes e conflitos com o público.
14.Conclusões
O controle do gerente sobre os supervisores tornou cerrado o controle sobre os operários. Estes passaram amodificar substancialmente as suas atitudes para com a organização. A supervisão fechada desenvolvida por Peele passou a encerrar a administração dentro de um círculo vicioso:
1. o supervisor exercer uma supervisão cerrada e sob pressão sobre o operário;
2. o supervisor passa a receber o operário como uma pessoa não-motivada para o trabalho;
3. o supervisor passa a vigiar e a controlar commais pressão o operário para obter dele maior rendimento;
4. esse cerco e essa pressão despertam o rancor ou a apatia no operário;
5. o supervisor passa a perceber mais intensidade o operário como uma pessoa não-motivada para o trabalho.
Clássica e Cientifica:
Crítica Administração Clássica
A Teoria Clássica da Administração partiu de uma abordagem sintética, global e universal da...
tracking img