Teoria administrativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Segundo o Ministério da Saúde pelo menos dois mil pessoas morrem ao ano em conseqüência da gripe sazonal (gripe comum). A influenza A (H1N1), que ficou popularmente conhecida como gripe suína, é umaforma variante da influenza. Em 2009 todas estas estirpes são encontradas no vírus da gripe C e nos subtipos do vírus da gripe A conhecidos como H1N1, H1N2, H3N1, H3N2, e H2N3. Quando os vírus dainfluenza de diferentes espécies infectam simultaneamente o mesmo animal (como exemplo o suíno), podem reorganizar-se geneticamente e originar uma nova estirpe de vírus, tal como aconteceu atualmente coma emergência deste novo vírus circulante Influenza A/H1N1. A análise deste vírus sugere que ele tem uma combinação de características das gripes suína, aviária e humana. Especificamente, estacombinação não havia sido vista até agora em humanos ou em suínos, e a sua origem é ainda desconhecida. Mas, felizmente, a conclusão inicial é a de que o vírus se espalha mais facilmente entre os porcos, e ocontágio de humano para humano não é tão comum e simples quanto o da gripe comum. Em seres humanos, os sintomas de gripe A (H1N1) são semelhantes aos da gripe e síndrome gripal em geral, nomeadamentecalafrios, febre, garganta dolorida, dores musculares, dor de cabeça forte, tosse, fraqueza e desconforto geral.
O vírus é transmitido de pessoa para pessoa, e o papel do suíno na emergência desta novaestirpe de vírus encontra-se sob investigação. Contudo, é certo que não há qualquer risco de contaminação através da alimentação de carnes suínas cozinhadas. Cozinhar a carne de porco a 71 grausCelsius mata o vírus da influenza, assim como outros vírus e bactérias. A contaminação se dá da mesma forma que a gripe comum, por via aérea, contato direto com o infectado, ou indireto (através das mãos)com objetos contaminados. Não há contaminação pelo consumo de carne ou produtos suínos. Cozinhar a carne de porco a 70 graus Celsius destrói quaisquer microorganismos patogênicos. Não foram...
tracking img