Teor de umidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1037 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE – UFCG
CENTRO DE TECNOLOGIA E RECURSOS NATURAIS- CTRN
UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA CIVIL – UAEC
DISCIPLINA: MECÂNICA DOS SOLOS EXPERIMENTAL
PROFESSORA: VERUSCHKA ESCARIÃO DESSOLES MONTEIRO
ESTAGIÁRIA DE DOCÊNCIA: RALINY MOTA DE SOUZA FARIAS

ALUNO: TÉRCIO JOSÉ ANSELMO DE SOUZA
MATRÍCULA: 107210099
THÚLIO HENRIQUE DE SALES
MATRÍCULA: 110150142“RELATÓRIO: ENSAIO DE TEOR DE UMIDADE DO SOLO.”

Campina Grande, fevereiro de 2013.

RESUMO:

O relatório tem com finalidade apresentar o teor de umidade do solo pelos métodos de laboratório em estufa, álcool e pelo Speedy.

INTRODUÇÃO:

O presente trabalho é o relatório do experimento realizado na Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, no dia 11 de dezembro de 2012, pelodepartamento de engenharia civil, no laboratório de mecânica dos solos experimental, tendo como orientador a professora Veruschka Escarião Dessoles Monteiro e o técnico do laboratório Conrado P. Silva.

OBJETIVO:

Mensurar o teor de umidade de uma amostra de solo através de diferentes métodos entre eles o da estufa, do speedy e do álcool, a determinação do experimento é normatizada pela NBR 6457. Osolo ( seco ao ar livre) foi coletado na região de Boa Vista, município Paraibano. A principal característica do relatório é entender que os solos são constituídos de um conjunto de partículas que podem possuir diâmetros variados e com água nos seus vazios. Para a engenharia a composição mineralógica dos solos seu comportamento mecânico e hidráulico dependerá da densidade relativa. Aspropriedades de deformidade, expansibilidade e resistências nos solos finos são analisadas a partir de parâmetros como: teor de umidade, índice de plasticidade, consistência, compressão entre outros. A partir deles são classificados os diferentes tipos de solo finos, que são identificados por sua textura, composição, plasticidade, compacidade e outras. A umidade do solo ou teor em água é definida como o pesoda água contida em uma amostra de solo dividido pelo peso seco das partículas sólidas do solo, sendo expressa em percentagem, como será mostrado.

MATERIAIS UTILIZADOS:

Método da estufa: Balanças que permitam pesar 200g, 1kg e 5kg, com resoluções de 0,01g, 0,1g e 0,5g, respectivamente, e sensibilidades compatíveis ( balança de precisão); Estufa capaz de manter a temperatura entre 60°c e65°c e entre 105°c e 110°c; Dissecador com agente de absorção de umidade (sílica gel); Cápsulas metálicas e pinças metálicas.
Método do álcool: Balança com capacidade 200g, e com sensibilidade de 0,01g; Cápsulas metálicas com numeração permanente; Espátula e pinça de aço: Álcool etílico.
Método do speedy: Conjunto speedy composto por Balança, garrafa com tampa e mais manômetro; Tabela ou curva decalibração do aparelho; Esferas de aço; Ampolas com cerca de 6,5 g de carbureto de cálcio.


PROCEDIMENTOS:

MÉTODO DA ESTUFA: (NBR 6457/ABNT-1986)
Pesa-se a cápsula de alumínio vazia; Pesa-se o conjunto cápsula com o solo úmido e anota o M1. Coloca-se a amostra na estufa a um gradiente de temperatura variando entre 105°-110°c por um periódico de 24 hrs; Pesa-se o conjunto solo seco ecápsula e anota-se o M2. Calcula-se o teor de umidade h em %, pela equação: h = (M1- M2) : (M2-M3) * 100
MÉTODO DO ÁLCOOL: (DNER-ME 088/94)
Após a peneiração, pesamos a cápsula, obtendo o valor da mesma, para que, logo depois, tarássemos e pesássemos o solo úmido. O peso da cápsula foi somado ao peso do solo úmido. Pesamos o recipiente onde o solo seria queimado. Adicionamos álcool ao recipiente,pesado anteriormente, onde o solo úmido estava e ateamos fogo. Repetimos o procedimento anterior duas vezes. Ao final, pesamos o solo seco juntamente com o recipiente e calculamos o teor de umidade.
MÉTODO DO SPEEDY: (DNER-ME 052/94)
Pesamos, então, o valor achado a partir da tabela do conjunto “Speedy”. Logo após, o solo úmido, juntamente com duas esferas de aço e uma ampola de carbureto de...
tracking img