Teologos contemporaneos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4130 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teologia Contemporânea.

[pic]

[pic]

Pesquisa a respeito de cinco dos teólogos contemporâneos com respeito a seus posicionamentos teológicos e sua influencia.
Augustus Nicodemos Gomes Lopes
Leonardo Boff
Ricardo Gondim Rodrigues
Rubem Alves
Marcella Althaus-Reid

Professor: Pastor Sebastião
Aluno: Marcos25/10/2012
[pic]
Augustus Nicodemos Gomes Lopes
É ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil, teólogo calvinista, professor e escritor natural da Paraíba. Desde 2003 é chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Formação teológica e ministerial
É formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, de Recife, mestre em Novo Testamento pela Universidade Reformada dePotchefstroom (África do Sul), doutor em Interpretação Bíblica pelo Seminário Teológico de Westminster (EUA), com estudos no Seminário Reformado de Kampen (Holanda). Foi professor e diretor do Seminário Presbiteriano do Norte (1985-1991), professor de exegese do Seminário José Manuel da Conceição (JMC) em São Paulo, professor de Novo Testamento do Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper(1995-2001), pastor da Primeira Igreja Presbiteriana do Recife (1989-1991) e pastor da Igreja Evangélica Suíça de São Paulo (1995-2001). Atualmente é pastor auxiliar da Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, em São Paulo, SP.
Alguns de seus livros
• Mantendo a Igreja Pura (Cultura Cristã)
• Tolerância no Novo Testamento (PES)
• Calvino o Teólogo do Espírito Santo (PES)
• A visãosocial de Calvino (Cultura Cristã)


Sua Teologia
Teólogo de posicionamento Calvinista, firmado na palavra como verdade absoluta e infalível, tem se posicionado contra os excessos e distorções do evangelho citando e defendendo os cinco solas do evangelho reformado alem de temas gerais do texto bíblico. Suas obras abordam as questões exegéticas, teológicas e práticas a partir de umaperspectiva reformada. Sua linha de interpretação segue o método gramático-histórico em oposição ao método histórico-crítico de interpretação. Além de questões exegéticas e teológicas, Augustus Nicodemos aborda questões práticas como família, missões, santificação e plenitude do Espírito, culto, guerra espiritual.




Um exemplo de sua visão tomando como exemplo a doutrina da prosperidade.http://noticias.gospelmais.com.br/augustus-nicodemus-critica-distorcao-teologia-prosperidade-37030.html

[pic] Postado por Augustus Nicodemos Lopes


Apesar de até o presente só ter melhorado a vida dos seus pregadores e fracassado em fazer o mesmo com a vida dos seus seguidores, a teologia da prosperidade continua a influenciar as igrejas evangélicas no Brasil.

Uma das razões pela qualos evangélicos têm dificuldade em perceber o que está errado com a teologia da prosperidade é que ela é diferente das heresias clássicas, aquelas defendidas pelos mórmons e "testemunhas de Jeová" sobre a pessoa de Cristo, por exemplo. A teologia da prosperidade é um tipo diferente de erro teológico. Ela não nega diretamente nenhuma das verdades fundamentais do Cristianismo. A questão é de ênfase. Oproblema não é o que a teologia da prosperidade diz, e sim o que ela não diz.
• Ela está certa quando diz que Deus tem prazer em abençoar seus filhos com bênçãos materiais, mas erra quando deixa de dizer que qualquer bênção vinda de Deus é graça e não um direito que nós temos e que podemos revindicar ou exigir dele. 
• Ela acerta quando diz que podemos pedir a Deus bênçãos materiais,mas erra quando deixa de dizer que Deus tem o direito de negá-las quando achar por bem, sem que isto seja por falta de fé ou fidelidade de nossa parte.
• Ela acerta quando diz que devemos sempre declarar e confessar de maneira positiva que Deus é bom, justo e poderoso para nos dar tudo o que precisamos, mas erra quando deixa de dizer que estas declarações positivas não têm poder algum em si...
tracking img