Teologia x filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teologia x Filosofia

De maneira geral, ou popularmente falando, teologia e filosofia não se misturam, pois todo filósofo acaba matando Deus e todo teólogo no fundo deseja que todos os filósofos morram! Basicamente compreende-se que a filosofia tem como objeto a "totalidade" advinda do sujeito "eu" que existe por raciocinar. Por sua vez, a teologia tem por objeto "Deus" e seu sujeito é a"revelação", ou a interação entre o próprio Deus e sua criação, o ser humano, seja pela Bíblia ou pela vida, contudo, é Deus quem se revela e se permite ser conhecido. Outro grande problema entre filosofia e teologia se dá em suas origens. A primeira provém do pensamento helênico enquanto que a segunda do pensamento judaico-cristão. Para clarear um pouco, a filosofia clássica defendia a idéia de quetudo sempre existiu. A idéia de uma "origem" não pertence ao pensamento helenistico, mas sim judaico-cristão, pois os gregos criam que todas as coisas se transformavam através do tempo, no espaço físico, por causa do metafísico (leiam sobre átomos, arché e logos). Já o pensamento judaico-cristão sempre partiu da idéia de que tudo foi criado por Deus e que somente Ele é eterno. Nós, e tudo o queexiste é resultado de Sua livre vontade criadora. O mais interessante nisso tudo é que em um dado momento da história a filosofia e a teologia se encontram dentro de um mesmo ambiente cultural. Inevitavelmente elas se tornam obrigadas a conviver juntas, pois o contexto, por exemplo, neotestamentário é judaico-cristão-helênico.
“A ideia de Deus é parte do homem. Nasceu com ele. Ao longo dos milênios, ohomem procurou na religião resposta para muitos dos enigmas do universo e para as dúvidas do seu interior. Mesmo transitando da vida das cavernas ao moderno deslumbramento científico, ele não repudiou a divindade. Ainda quando a razão tenha proposto soluções científicas e filosóficas para enigmas e dúvidas, o apelo da fé continua a ressoar nos corações, apontando para uma realidade posta além dasconquistas racionais”. (Victor Civita).
No Antigo Oriente, a filosofia confundia-se com a religião. Eles possuíam verdades filosóficas e não a filosofia propriamente dita. Com os filósofos gregos, o sentido religioso já não se faz presente na filosofia, posto que a filosofia vá confundir-se com a ciência, embora conservando o seu aspecto universal. Na Idade Média, há um retorno da filosofia àreligião, no caso, o cristianismo, quando a razão se harmoniza com a fé e a filosofia com a teologia. Vamos encontrar na escolástica o auge dessa discussão. O ensino escolástico se baseia em textos lidos e discutidos. Dentre estes textos estão os evangelhos, obras de padres e de teólogos. Nesse contexto, sobressai Santo Tomaz de Aquino. Muito antes, Santo Agostinho já não via muita diferença entre anatureza-objeto da filosofia e o além-natureza – objeto da teologia. Mas Santo Agostinho não confiava na natureza humana; ele achava que o homem necessitava da graça, elemento sobrenatural, para realizações puramente naturais. Ele dizia que a fé é preparada pela razão e prolongada por esta; que era “preciso crer para compreender e compreender para crer”. Santo Tomaz aperfeiçoa o pensamentoAristotélico, estabelece o verdadeiro objeto da filosofia e distingue esta da teologia, mas não as separa. Ele diz que as verdades da fé servem para iluminar os caminhos do pensar filosófico; que a própria filosofia explicaria a fé se se excedesse um pouco mais na demonstração das verdades reveladas. Faz as diferenças, quando diz que:
. o filósofo demonstra por razões evidentes.
. o teólogo apela àautoridade suprema da revelação divina.
E acrescenta que Deus é autor de nossa razão e autor da revelação:
. que a fé sabe o que sabe por aceitação referencial da autoridade divina, enquanto:
. a razão sabe o que sabe por própria atividade inteligente.
Mas não podem contradizer-se porque os princípios do raciocínio foram postos em nós por Deus, que é o mesmo autor da revelação recebida pela...
tracking img