Tempos modernos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (406 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NOME DA FACULDADE NOME DO CURSO

TITULO DA RESENHA CRÍTICA

NOME COMPLETO DO ALUNO

RECIFE 2010

NOME COMPLETO DO ALUNO

TITULO DA RESENHA CRÍTICA

Relatório apresentado como requisitopara obtenção de carga horária para atividades complementares.

RECIFE 2010

(TÍTULO DO FILME) Tempos Modernos (1936). Resumo Trata-se do último filme mudo de Chaplin, que focaliza a vida urbananos Estados Unidos nos anos 30, imediatamente após a crise de 1929, quando a depressão atingiu toda sociedade norte-americana, levando grande parte da população ao desemprego e à fome. A figura centraldo filme é Carlitos, o personagem clássico de Chaplin, que ao conseguir emprego numa grande indústria, transforma-se em líder grevista conhecendo uma jovem, por quem se apaixona. O filme focaliza avida do na sociedade industrial caracterizada pela produção com base no sistema de linha de montagem e especialização do trabalho.

SEU COMENTÁRIO (POSITIVO OU NEGATIVO) SOBRE O FILME, SEMPRERELACIONANDO-O À CONCEITOS DO SEU CURSO.

Comentário Crítico: O filme é uma crítica à "modernidade" e ao capitalismo representado pelo modelo de industrialização, onde o operário é engolido pelo poder docapital e perseguido por suas idéias "subversivas". Em sua Segunda parte o filme trata das desigualdades entre a vida dos pobres e das camadas mais abastadas, sem representar contudo, diferenças nasperspectivas de vida de cada grupo. Mostra ainda que a mesma sociedade capitalista que explora o proletariado, alimenta todo conforto e diversão para burguesia. Cenas como a que Carlitos e a menina órfãconversam no jardim de uma casa, ou aquela em que Carlitos e sua namorada encontram-se numa loja de departamento, ilustram bem essas questões. Se inicialmente o lançamento do filme chegou a darprejuízo, mais tarde tornou-se um clássico na história do cinema. Chegou a ser proibido na Alemanha de Hilter e na Itália

de Mussolini por ser considerado "socialista". Aliás, nesse aspecto Chaplin...
tracking img