Tempos interessantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8103 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPÍTULO 14: SOB O CNICHT

“Em 1960 (...) meu amigo e irmão apóstolo Robin Gandy me achou um pouco estressado e sugeriu que eu passasse uns dias com ele no norte do País de Gales (...). Lá, Robin foi ao meu encontro em sua motocicleta (...) a fim de poupar-me uma caminhada agreste de poucas milhas pela serra central e por uma planície lisa como uma mesa (o Traeth), que havia sido um golfoestreito até ser drenado no início do século XIX por meio de um dique construído por um certo mr. Maddocks.” (p.260)

“Antes disso, era possível aos barcos chegarem até o pé das montanhas, utilizando como guia o inconfundível triângulo do Cnicht (Cavaleiro). A fronteira do reino de Clough ficava no ponto onde a estrada deixava o Traeth e começava a subir suavemente até o vale elevado deCroesor, sob o Cnicht. Ali passei a maior parte das férias durante o quarto do século seguinte, e continuei indo com Marlene e as crianças depois que voltei a me casar.” (p.261)

“O governante, na verdade o construtor daquele reino, Clough Williams-Ellis, essa época já tinha seus sessenta e muitos anos. A melhor maneira de apresentá-lo a uma geração para qual a Grã-Bretanha de onde elevinha era é mais desconhecida do que a Rússia de Tolstoi é dizer que quando se casou, durante a Primeira Guerra Mundial, os oficiais seus colegas perguntaram o que desejava como presente de casamento. O que ele quis foi construir uma loucura – um fragmento de imitação de fortaleza medieval com vista para o mar. A construção foi feita (...). O portão ficava diante da entra principal da casa (...). Doportão caminhava-se por uns duzentos metros em uma avenida em suave aclive, cujas árvores ele também tinha plantado (...). Nosso filhos adoravam brincar na torre, subindo as escadarias que não davam em lugar nenhum, a não ser a uma vista para o mar e para um terreno alagadiço (...).” (p.261)

“Certa vez o cenário havia servido para um filme sobre a China (...) era quase certo que acompanhia cinematográfica havia ido a Merioneth (...) porque os artistas e a equipe poderiam ficar hospedados na mais conhecida das criações de Clough, a maior de suas loucuras, chamada Portmeirion. Era e continua a ser um cidade de brinquedo quase barroca, em tamanho natural, que finge estar na Riviera iltaliana, com todas as suas cores (...). Clough financiou sua constante ampliação transformando umaparte no tipo de hotel e vila de férias que os artistas meio boêmios do showbiz consideram irresistível. (p.262)

“(...) Clough, orgulhoso de sua reputação de arquiteto profissional, também se tornou vítima do ambiente que criou e do qual não conseguiu escapar.” (p.262)
“Portmeirion lhe trouxe a fama de arquiteto ‘pouco sério’ pelos padrões de puritanismo profissional altamentedesenvolvido da era de Le Corbusier e Mies van der Rohe.” (p.263)

“Para ele, edifícios sem árvores, muros, vistas, caminhos levando a granjas, chalés ou água não tinham significado real. O que desejava criar, ou plasmar, não eram prédios, e sim pequenos mundos em que as pessoas vivessem e trabalhassem em uma unidade de tijolos, panoramas selvagens e domésticos, vistas, símbolos e monumentos, semdúvida também para serem admirados em seu conjunto por viajantes que os visitassem. Não sendo um lugar onde as pessoas tivessem de fazer o que costumeiramente fazem, e sim um lugar de diversão, um jeu d’esprit, ou mais seriamente, um sonho utópico momentâneo (...).” (p.263)

“Na verdade, embora contivesse coisas maravilhosas, o reino de Clough não era convencionalmente ‘belo’ (...).Grande parte era contituída de entensões de terra espectrais, pedregosas, duplamente destruídas (...). Era literalmente, um panorama de ruína pós-industrial.” (p.264)


“Mesmo na década de 1960 o turismo apenas começava a ocupar o espaço, pois embora o Snowdon dominasse a paisagem, os pontos de maior beleza (e os centros de alpinismo) de Snowdon ficavam a algumas milhas de distância.”...
tracking img