Tempo, santo agostinho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1172 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ













Santo agostinho

















CURITIBA
2012
ROBSON FONTANA ZANIN











santo agostinho

Trabalho apresentado à disciplina de História da Filosofia Medieval, 3º Período (Turma U), do curso de Licenciatura em História, da Pontifícia UniversidadeCatólica do Paraná.

Orientadora: .














CURITIBA
2012
Santo Agostinho uma visão Geral de sua vida


Santo Agostinho natural da cidade de Tagaste nasceu em 354, filho de Mônica e Patrício vivendo assim sobre os domínios romanos. A sua infância foi marcada por um sentimento de ansiedade perante o medo desofrer humilhações na escola, entretanto era um menino comum que assim como as crianças da região brincava nos campos ao redor da cidade.
A sua educação foi totalmente pagã tendo também uma fraca erudição, fora voltada somente a literatura, os outros campos como filosofia, ciência e história foram deixadas de lado. Não era fluente na língua grega o que impossibilitava a leitura dos grandesclássicos, por isso sofria de chacotas, o que fez dele desenvolver uma memória fenomenal.
Na sua adolescência foi mandado a Cartago para continuar seus estudos onde ficou surpreso com a vida na grande cidade. Depois de sua formação, tomou uma concubina “sem nome” e teve um filho chamado de Adeodato. Lecionou gramática na sua cidade natal, mais por pouco tempo até voltar para Cartago onde ocupou uma cadeirade professor.
Mudou-se para Roma mais assim como em Cartago teve grandes desilusões com seus alunos, que foram retratados como indisciplinados e não pagavam seus honorários. Também por suas andanças entre a Península Itálica e o Norte de África foi logo se desligando do maniqueísmo. Sobre insistência de sua mãe e desilusões pessoas enfim Agostinho se converte ao cristianismo, largando suaconcubina e levando uma vida aos moldes cristãos.
Com a morte de sua mãe e filho vendeu o patrimônio da família e dou aos pobres, em 391 foi ordenado sacerdote em Hipona em logo foi ordenado bispo cargo em que ficou até sua morte em 430.




INTRODUÇÃO


Quando falamos do tempo como um problema é normal que as pessoas tratem como algo de sua estranheza e logo em seguida vem ás ironias e ossarcasmos, este assunto que intrigou e intriga muitos de nós também despertaram a curiosidade de Santo Agostinho, que se fundamentando na Bíblia em específico no livro Gênesis buscou responder as seguintes questões que serão tratadas no trabalho. O tempo quando teve inicio? Como conceituar o tempo? Passado, presente e futuro existem?


TEMPO COMO AGOSTINHO DE HIPONA O CARACTERIZA


O temposó passou a existir depois da criação divina, portanto não se caracteriza sua existência anteriormente de céu e terra serem criados, pois só depois disso Deus o criou então qualquer decorrência é nula antes disso. Então uma pergunta que muito se tem curiosidade é aquela que todos nós um dia se perguntamos. O que Deus fazia antes da criação? Como foi dito antes, só depois da criação o tempo passouexistir então o que o criador fazia? A resposta para esta pergunta é a seguinte não poderia existir um então onde não havia tempo.

“Os teus anos não vão nem vêm, ao passo que os nossos vão e vem, para que venham todos. Os teus anos existem juntos, porque são fixos e não são expulsos pelos que vêm, por que não passam. Os nossos pelo contrário, só poderão existir todos quando já todos nãoexistirem.” (AGOSTINHO, 1986, p.317).



O tempo do criador é diferente dos nossos, o nosso contendo um passado, um presente e futuro. Transcorrendo assim o tempo do divino como um só momento, ou seja, um só dia, já para nós o dia é antecedido pelo ontem e sucedido pelo amanha. O tempo de Deus então é eterno.
Agostinho de Hipona em suas conversações e reflexões não...
tracking img