Tempo de permanência de uma sonda vesical de demora: uma revisão integrativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3915 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO
O presente estudo trata de uma revisão integrativa sobre o tempo de permanência de uma sonda vesical de demora. É uma técnica muito executada pelo enfermeiro e exige conhecimento prático e habilidade¹. É realizada com um cateter de Foley (duas vias) ou cateter vesical de irrigação (três vias) para drenagem contínua, de número 06 a 24, seguindo técnica padronizada pela comissão decontrole de infecção hospitalar (CCIH) da instituição na qual será realizado o procedimento e é feito por um profissional de saúde habitualmente capacitado1.
Percebemos na prática que as orientações de médicos e enfermeiros são de que o tempo de permanência do cateterismo seja em média de 15 dias, uma vez que muitos pacientes apresentam infecções do trato urinário que dentre outras questões estárelacionado ao tempo de permanência do cateterismo.
A sonda vesical de demora é um método muito usado na assistência à saúde, no entanto, seu uso é frequentemente excessivo e depois de inserido, muitas vezes permanece por tempo muito maior do que o necessário. O cateterismo vesical é desconfortável e restritivo, causa trauma, sangramento e dor.²
Em um indivíduo sadio o aparelho urinário éestéril, com exceção dos centímetros distais da uretra, tanto da masculina quanto da feminina, que apresentam uma flora uretral composta por bactérias patogênicas e não patogênicas. A uretra masculina tem um comprimento médio de 18 a 20 cm e a uretra feminina tem um comprimento aproximado de 3,5 a 4,0 centímetros.
A técnica em uretra masculina consiste em inicialmente posicionar o paciente em decúbitodorsal; posteriormente o profissional de saúde deve fazer a lavagem das mãos e calçar as luvas estéreis, realizar antissepsia da região íntima com solução antisséptica ( polvidine ), fazer a conexão da sonda com o coletor, mantendo o sistema de drenagem fechado, colocar de 10 a 15ml de lidocaína gel no meato uretral com uma seringa e introduzir a sonda. No injetor lateral da sonda deve-seintroduzir 05 a 15 mL de água destilada estéril, para encher o balão da sonda. Após o término do procedimento deve-se observar o retorno de diurese, fixar a sonda com micropore ou esparadrapo acima da região supra púbica e depois abaixar o coletor¹. Durante a passagem da sonda podem ocorrer as seguintes complicações: Traumatismo uretral, dor e Falso trajeto³.
A sondagem feminina difere da masculina pelaquantidade e maneira de colocação da lidocaína gel. Na sondagem vesical feminina a lidocaína gel é colocada na ponta da sonda antes desta ser introduzida e a quantidade é em média 2ml, devido a diferença de tamanho da uretra.
A sonda vesical de demora tem como principais indicações a drenagem vesical por obstrução crônica; disfunção vesical (bexiga neurogênica); drenagem vesical após cirurgiasurológicas e pélvicas; medida de diurese em pacientes graves, higiene perineal e o conforto de pacientes incontinentes de urina e comatosos¹.
Outros autores² dizem que as indicações para sonda vesical limitam-se aos casos de colher urina asséptica para exames, realização de exames pélvicos, retenção urinária aguda, para proteção contra lesões intraoperatórias, cirurgias de longa duração e nas que énecessário o controle de diurese, em pacientes incontinentes com úlceras sacrais ou perineais, pacientes terminais ou pacientes em que se prevê longo período de imobilização no leito por traumas de coluna ou cintura pelve.
A contra indicação da sondagem vesical se dá com situações como o trauma uretral, estreitamento ou fístula, para desviar o fluxo de urina da uretra; pacientes que apresentemuretrorragia ou hematoma perineal e/ou escrotal sem antes afastar possível lesão de uretra (através de uretrografia ou uretrocistocopia); uretrite aguda; prostatite aguda. Na impossibilidade de cateterização vesical por via uretral, a cateterização supra púbica pode ser indicada4.
Uma das alternativas para a sonda vesical de demora é a drenagem supra púbica, que é a inserção de um cateter na...
tracking img