Telecom

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1903 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIJUI - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
DETEC - Departamento de Tecnologia
EGE - Engenharia Elétrica

*
*
* MODULAÇÃO EM AMPLITUDE AM-DSB
*

ENGENHARIA ELÉTRICA

Prof. Mario Noronha Agert

DISCIPLINA DE TELECOMUNICAÇÕES

André Domingos Schussler
Jonatas Rafael Palharini da Silva


Ijuí-RS, Junho de 2011
SUMÁRIO
UNIJUI- Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul 1
DETEC - Departamento de Tecnologia 1
INTRODUÇÃO 4
MODULAÇÃO EM AMPLITUDE 5
CARACTERÍSTICAS DO AM-DSB 5
ESPECTRO DE AMPLITUDE DO SINAL MODULADO 5
DETETOR-RETIFICADOR 6
TEORIA BÁSICA: 6
A) Sinal Modulado 6
B) Sinal Modulante 6
C) Filtro Passa_Baixas 7
LISTA DE COMPONENTES PARA SIMULAÇÃO: 7
ROTEIRO PARA OESTUDO: 7
CIRCUITO SIMULADO NO MULTISIM 8
FORMA DE ONDA NA SAIDA DO GERADOR AM 8
Figura 1- Forma de onda gerador de sinal AM (menor tempo de amostragem). 9
Figura 3- Formas de onda nos pontos A e B do circuito com índice de modulação 20% (menor tempo de amostragem) 10
Figura 6- Formas de onda nos pontos A e B do circuito com índice de modulação 50% (menor tempo de amostragem) 11Figura 7- Forma de onda no ponto C do circuito com índice de modulação 20% 12
Figura 8- Forma de onda no ponto C do circuito com índice de modulação 20% (menor tempo de amostragem) 12
Figura 9- Forma de onda no ponto C do circuito com índice de modulação 50% 13
Figura 10- Forma de onda no ponto C do circuito com índice de modulação 50% (menor tempo de amostragem) 13
CIRCUITO SIMULADO NOMULTISIM COM DIODO INVERTIDO 14
Figura 11- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação 20% 14
Figura 12- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação 20% (menor tempo de amostragem) 15
Figura 13- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação 50% 15
Figura 14- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação 50% (menor tempo de amostragem) 16
MESMOCIRCUITO SIMULADO ALTERANDO O CAPACITOR C1 PARA 100Nf 16
Figura 16- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação20% (menor tempo de amostragem) 17
Figura 17- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação50% 17
Figura 18- Forma de onda ponto C do circuito com índice de modulação50% (menor tempo de amostragem) 18
CONCLUSÃO 19

INTRODUÇÃO

Os avanços tecnológicosobtidos nas últimas décadas são surpreendentemente grandes, assim como o número de tecnologias a serem. O estudo de telecomunicações é de extrema importância, pois a tecnologia só pode avançar se houver um avanço paralelo da telecomunicação.
A modulação em amplitude pode de forma simplificada ser descrita como sendo a alteração da amplitude de um sinal de alta freqüência, designado porportadora, em função do comportamento de um sinal de baixa freqüência, designado por informação. Tanto a modulação em amplitude quanto a modulação em freqüência decorrem de fenômenos físicos que possuem um modelo matemático conhecido. Entretanto, verifica-se a latente necessidade de visualização gráfica de todos os sinais envolvidos nestes processos bem como a implementação de ferramentas computacionaisde simulação.
Dessa forma, o presente trabalho objetiva fixar os conceitos básicos de um sistema de modulação em amplitude e em freqüência utilizando-se de circuitos padrões.

MODULAÇÃO EM AMPLITUDE

Consiste em modificar a amplitude da portadora conforme as variações de amplitude do sinal modulante. A envoltória da portadora é a informação transmitida e está presente nos semi-ciclos positivose negativos da portadora. O percentual em que o sinal modulante altera a portadora senoidal determina o índice ou profundidade de modulação.
Modulação em amplitude com dupla banda lateral. A portadora não transmite nenhuma das características que definem a mensagem e mesmo assim consome a maior parte de energia da onda modulada. A largura de faixa necessária para a transmissão da informação é...
tracking img