Teila.silva@bol.com.br

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2870 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA



ATPS

FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃOATPS

FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS DA EDUCAÇÃO

Atividade Prática Supervisionada (ATPS)entregue como requisito para conclusão
da disciplina “Fundamentos Filosóficos
da Educação” sob orientação do professorINTRODUÇÃO

A filosofia é tudo aquilo que cerca o homem, a pedagogia dentro da filosofia é entendida como pratica, é saber fazer ensinar a disciplina de filosofia nos dias de hoje tem sido um grande desafio. Trazer para as salas de aula mais oportunidades de ensino mais qualidade de na educação brasileira. Teoria de Pierre Bourdineu com o sistemaeducacional no Brasil.










































A natureza da filosofia e o seu ensino

A filosofia é uma disciplina “a priori” que se trabalha com o pensamento, nesta matéria não se usa materiais que necessitam comprovação laboratorial ou estatística apenas se trabalham com o pensamento. Pode se disser que a filosofia é auto-refutante porquenunca será algo científico e sim filosófico.
Quando se estuda filosofia, procura se mostrar o modo como quais os filósofos pensam assim como Peter Singer ou Kant. A filosofia se ocupa por conceitos e não realidades, exemplo a discussão filosófica sobre a natureza relativa ou absoluta do tempo tem raízes antigas quanto as reflexões de Aristóteles, que alimentou a polemica de filosófica de Leibnize Newton.
Desidério aponta falhas de programas escolares e de sistemas didáticos, assim como
condena a repetição enfadonha e inútil de textos clássicos – sem a desejável e imprescindível criação de um espírito crítico.
O próprio Kant (1979) ressalta que é possível ensinar filosofia historicamente, a partir de certas tentativas já existentes, ou seja, que estudando a história da filosofia eousando saber, pode-se filosofar por conta própria.
É possível ensinar filosofia sem ser dogmático, isto é ensinar os conceitos dos filósofos sem, no entanto querer que seus conceitos sejam verdades sobre aqueles temas.
O ensino da filosofia como um “pensar por conceitos”, seja com os conceitos dos filósofos ou criando seus próprios conceitos. Pode se ensinar os conceitos de filosofias aosalunos, mas não que apenas leiam os textos, é necessário a ajuda do professor para facilitar essa tarefa de compreensão.
Desidério Murcho aborda o problema de separar e analisar o ensino da filosofia os conceitos dos filósofos e o filosofar, a partir da pergunta: como se ensinar isso? A ideia central é que não se deve reduzir o ensino de filosofia ao hostoricismo, entendido como o ensinamentopuro e simples da relação entre a teoria dos filósofos e os períodos nos quais viveram, nem tampouco no enciclopedismo, que seria a mera repetição erudita dos conceitos e ideias dos filósofos a serem memorizados como formulas matemáticas ou fatos históricos.
Para Desidério Murcho, o ensino de filosofia deve passar também por uma experimentação: o aluno deve ter a oportunidade de realizar a...
tracking img