Tecnopolos mundiais e as multinacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| 03/09/2012 |
| Colégio Dr. Mauá Cavalcante Sávio
Alunas: Alice Shaia, Gabriela Rodrigues, Ana Luiza, Ana Beatriz
|

[Tecnopolos mundiais e as Multinacionais] |
Profª Odete Serie: 2º Turma: “B” |

Introdução
Pode-se falar que um tecnopolo, seria um polo somente de tecnologia, ou seja que reúne empresas com envolvimento na tecnologia e seudesenvolvimento, que visa o futuro tecnológico com pesquisas e testes. E sobre as multinacionais no Brasil elas veem um bom desenvolvimento por isso investem muito e sempre chegam impressas multinacionais.
Tecnopolos

Tecnopolo é um centro tecnológico que reúne, num mesmo lugar, diversas atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D), em áreas de alta tecnologia, como institutos ecentros de pesquisa, empresas e universidades, que facilitam os contatos pessoais e institucionais entre esses meios, produzindo uma economia de aglomeração ou de concentração espacial do desenvolvimento tecnológico. O efeito de sinergia facilita o desenvolvimento de inovações técnicas, novos processos e novas idéias. Os tecnopolos geralmente concentram grande quantidade de mão-de-obra altamentequalificada, como pesquisadores e professores universitários, geralmente com pós-graduação de alto nível (doutorado, pós-doutorado ou PHD) e muitos especializados. 
Os tecnopolos têm como objetivo facilitar a criação e melhoramento de produtos e técnicas. Estes produtos e técnicas serão, por sua vez, absorvidos pela indústria de alta tecnologia que se instala nos mesmos lugares ou cidades.Ligados à chamada 3ª revolução industrial, os tecnopolos representam hoje, o que as grandes regiões industriais representavam na 1ª revolução industrial.
Os primeiros tecnopolos foram criados nos Estados Unidos, quando a Intel, juntamente com a Universidade de Stanford, na Califórnia e a UCLA, criaram um pólo de desenvolvimento tecnológico na área de computação e informática que ficou conhecido comoVale do Silício, ou Silicon Valley

O Vale do Silício, na Califórnia, é uma região na qual está situado um conjunto de empresas implantadas a partir da década de 1950 com o objetivo de gerar inovações científicas e tecnológicas, destacando-se na produção de Chips, na eletrônica e informática. Abrange várias cidades do estado da Califórnia, ao sul de São Francisco, como Palo Alto e SantaClara, estendendo-se até os subúrbios de San José.
Quando a Universidade de Stanford, na Califórnia (EUA), decidiu fazer das terras desocupadas em seu entorno um atrativo para a formação de um pólo industrial, nos idos de 1940, basicamente o que se buscava era a concentração de professores de alto gabarito para a escola. O que estava prestes a nascer, porém, logo se mostraria bem mais complexo eque uma mera ampliação de excelência acadêmica.
  De maneira quase natural, brotava em solo californiano o que a partir dos anos 70 passaria a ser conhecido com o Vale de Silício, o berço da indústria de semicondutores e da alta tecnologia que transformaria completamente aquele espaço urbano e consolidaria a região como o maior ícone de inovação dos Estados Unidos. Hoje, mais de seis décadasdepois, 13 das 20 cidades americanas consideradas as mais criativas daquele país estão na Califórnia. Dessas, dez ficam no Vale do Silício.
 
PRINCIPAIS TECNOPOLOS


Austin (Estados Unidos)
Albuquerque (Estados Unidos)
Boston (Estados Unidos)
Chicago (Estados Unidos)
Los Angeles (Estados Unidos)
Nova York (Estados Unidos)
San Francisco (Estados Unidos)
Santa Fé EstadosUnidos)
Seattle (Estados Unidos)
Vale do Silício (Estados Unidos)
Virgínia (Estados Unidos)
Kioto (Japão)
Tóquio (Japão)
Cambridge (Inglaterra)
Londres (Inglaterra)
Vale do Tâmisa (Inglaterra)
Bavária (Alemanha)
Helsinque (Finlândia)
Oulu (Finlândia)
Estocolmo (Suécia)
Malmõ (Suécia)
Flandres (Bélgica)
Israel
Bangalore  (Índia)
Dublin (Irlanda)...
tracking img