Tecnologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7663 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SCIENTIA PLENA
www.scientiaplena.org.br

VOL. 5, NUM. 12

2009

Uma análise das Metodologias Ágeis FDD e Scrum sob a Perspectiva do Modelo de Qualidade MPS.BR
F. G. Silva; S. C. P. Hoentsch, L. Silva
Departamento de Computação, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão SE, 49000-100, Brasil {nandagomes.si, sandracostah}@hotmail.com, leila@ufs.br (Recebido em 14 de setembro de 2009;aceito em 13 de dezembro de 2009)

Este trabalho analisa a viabilidade do emprego das metodologias ágeis FDD e Scrum para se atingir os níveis de maturidade do MPS.BR. Todos os níveis do MPS.BR são investigados, tomando-se por base os resultados esperados dos processos que compõe cada nível. O resultado sumarizado desta análise é aqui discutido, permitindo-se constatar a parcial aderência dasmetodologias ao modelo.
Palavras-chave: MPS.BR, metodologia ágil, FDD, Scrum.

This paper analyses the viability of adepting the agile methodologies FDD and Scrum to achieve the maturity levels of the MPS.BR quality model. All levels of MPS.BR are investigated, based on the expected results of the processes that compose each level. The summary of this analysis is here discussed, showing thepartial adherence of the metodologies to the model.
Keywords: MPS.BR, agile methodologie, FDD, Scrum.

1. INTRODUÇÃO O software faz parte do cotidiano das pessoas, podendo ser encontrado em hospitais, escolas, atividades de lazer e de segurança, entre outros. No entanto, a produção de software ainda enfrenta uma série de desafios como redução de custos, cumprimento de prazos e alta obtenção dequalidade do produto final. A necessidade de se introduzir qualidade no processo de produção de software levou ao estabelecimento de normas e modelos de qualidade que são guias para aumentar, medir e garantir a qualidade de software. Dentre estes destacam-se as normas da série ISO 9000, as normas ISO/IEC 12207 e 15504, os modelos CMM – Capability Maturity Model e CMMI Capability Maturity ModelIntegration [Koscianski e Soares, 2007]. Em 2003 foi lançado no Brasil o modelo de qualidade MPS.BR - Melhoria do Processo de Software Brasileiro [MPS.BR, 2007a], visando atender a necessidade de guiar a implantação de práticas recomendadas da Engenharia de Software no contexto das empresas de software brasileiras, especialmente as de porte pequeno e médio. O modelo está em consonância com as principaisabordagens internacionais para definição, avaliação e melhoria de processos de software. No entanto o modelo, como os demais, expressa apenas “o que fazer” para se atingir a qualidade, mas não estabelece “como fazer” para alcançá-la, fornecendo assim à empresa um grau de liberdade na escolha do processo de desenvolvimento a adotar. Metodologias e processos de desenvolvimento de software descrevemcomo atingir o que foi estabelecido nos modelos de qualidade, definindo guias para as atividades a serem realizadas, critérios para monitorar e medir as atividades e produtos do projeto e definindo ainda, quais e quando os artefatos devem ser desenvolvidos, dentre outros aspectos. Diversas abordagens foram propostas, sendo atualmente RUP – Rational Unified Process [Jacobson et al, 1999] o processomais difundo. Recentemente, um conjunto de novas metodologias, conhecidas como “Metodologias Ágeis”, foram propostas. Dentre elas destacam-se XP – eXtreme Programming [Beck e Andres, 2005], Crystal [Cockburn, 2004], FDD – Feature Driven Development [Palmer e Felsing, 2002] e Scrum [Schwaber e Beedle, 2002]. Estas metodologias incluem quatro valores principais: interações e indivíduos são maisimportantes que processos e ferramentas; o software funcionando é mais relevante que a documentação compreensiva; o cliente deve estar sempre presente durante o projeto e a metodologia deve prover agilidade na resposta a mudanças.
121301-1

F. G. Silva; S. C. P. Hoentsch, L. Silva., Scientia Plena 5, 121301, 2009

2

Dado que as metodologias ágeis não são orientadas à documentação, surge o...
tracking img