Tecnico seguranca no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1936 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Noções Toxicologia Industrial

Prof. Esp. Everton Farias Porto Químico Industrial

Parte I : Noções de
Toxicologia

Tópicos
Conceito de Risco e Avaliação de Risco Risco de Intoxicação
Toxicologia e termos afins Rotas de Absorção Classificação da Toxicidade de Agentes Químicos Testes Toxicológicos Dose Letal 50 Substâncias com potencial carcinogênico, mutagênico e teratogênico Algumasfontes de consulta

Risco = Possibilidade de Perigo

Risco Ocupacional
possibilidade de perigo no ambiente de trabalho

Riscos em Laboratórios de Química
Explosões Incêndios Acidentes Ferimentos
Laboratório de Química

Cortes

Risco

Intoxicação

Substâncias Cáusticas

Contaminação

Avaliação de Risco
1a Etapa
Avaliação do Potencial de Periculosidade –

Qualitativo

2aEtapa
Avaliação do Potencial de Exposição –

Quantitativo

Potencial de Risco e Gerenciamento de Risco

Toxicologia
Definição clássica:

É a ciência que estuda ou trata dos tóxicos.
Mas, o que são tóxicos? Toxicum, em latim, significa veneno.

Veneno = qualquer agente capaz de produzir dano ou morte, quando ingerido ou absorvido. Reescrevendo a definição:
É a ciência que estuda outrata dos venenos.

Paracelsus (1493-1541)
“Todas as substâncias são venenos; não existe uma que não seja um veneno. A dose certa diferencia um veneno de um remédio.”
Paracelso, pseudônimo de Phillipus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim - famoso médico, alquimista, físico e astrólogo suíço.

Definição Moderna de Toxicologia
Ciência que estuda os efeitos adversos de agentesquímicos (e físicos) em sistemas biológicos (vivos).
Toxicologista
Quem examina a natureza dos efeitos adversos e avalia a probabilidade de sua ocorrência.

Alteração anormal, indesejada ou danosa após exposição a uma substância potencialmente tóxica Agentes Químicos = Substâncias
• Toxicante ou intoxicante • Toxinas – origem biológica (plantas, animais, bactérias,

Efeitos Adversos

fungos)• Xenobióticos – origem antropogênica

Agentes Físicos
• Radiação Ionizante ou não • Calor ou frio excessivo

• Choques

Classificação da Toxicidade de um Agente Químico
Local

Por Local de Ação
Sistêmica

Toxicidade
Por Tempo de Exposição

Aguda
Sub-Aguda

Sub-crônica
Crônica

Principais Rotas de Absorção
Absorção = Entrada de uma substância no sistema vascular • 1a –Intravenoso • 2a – Inalação (gases, vapores e poeiras < 10 mm) • 3a – Intraperitoneal • 4a – Subcutâneo • 5a – Intramuscular • 6a – Intradermal • 7a – Oral • 8a – Tópico (pele e olhos)

Vias Intramuscular, Subcutânea e Intradérmica

Corte Esquemático da Pele
“stratum corneum”

As fases da intoxicação
I-Exposição II-Toxicocinética III-Toxicodinâmica IV-Clínica

Contato e vias deintrodução

Processos de Natureza da ação transporte: Absorção Distribuição Eliminação Biotransformação Toxicidade Intoxicação

Toxicante

Disponibilidade química

Biodisponibilidade e concentração em órgãos-alvo

Sinais e sintomas

Classificação por tempo de exposição
Aguda..................................< 24 h Sub-Aguda...........................< 1 mêsSub-crônica..........................1< t < 3meses Crônica..................................> 3 meses

Classificação relacionando a duração da exposição e o aparecimento da sintomatologia

Intoxicação Aguda
Efeitos adversos que se desenvolvem rapidamente após exposição de curta duração. A dose administrada pode ser única ou múltipla, num período que não ultrapasse 24h.

Intoxicação Sub-aguda/Sub-crônica
Efeitos adversos queocorrem como resultados de doses freqüentes ou repetidas de uma substância num período de vários dias ou semanas, ou exposição à substância durante parte do tempo de vida do organismo (< 10%).

Intoxicação Crônica
“Efeitos adversos que ocorrem como resultado de doses diárias repetidas ou exposição a uma substância durante uma grande parte do tempo de vida do organismo (> 50%). Com...
tracking img