Tecnico do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2520 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTEGRANTES:

Carlos Alberto Mendonça de Freitas
Eduardo Braga Cesar Mine
Marcelo Muniz Waissmann





















TEMPERATURA

Definimos como temperatura do núcleo do corpo, aquela a que estão submetidos os órgãos internos do corpo, medida com uso de termômetro retal, em hospitais, o termômetro esofageal é mais usado para monitorar a temperatura interna.
Para queas características funcionais orgânicas sejam preservadas esta temperatura deve ser mantida em torno de 37ºC, que corresponde à soma do calor produzido internamente, mais o ganho ou perda de calor do ambiente, sendo que no caso de perda de calor por um corpo deveremos chamá-la de taxa de resfriamento, e que se dá geralmente com a imersão em água fria ou com a exposição a baixas temperaturas doar com ventos fortes e usando vestimenta úmida, como a condutividade térmica da água é cerca de 20 vezes maior do que a do ar, ocorre mais rápido em água fria. Devemos considerar ainda a temperatura equivalente de resfriamento, que resulta da combinação da temperatura do ar e velocidade do vento.
Na exposição ao frio a manutenção da temperatura do núcleo do corpo ocorre através da diminuição daperda de calor (vasoconstrição periférica), aumento da produção de calor (tremores) ou aumento da atividade física; no caso de exposição prolongada ao frio, ocorre a vasodilatação induzida pelo frio para preservar as funções nas extremidades do corpo. De acordo com a exposição ( tempo e temperatura ) podemos ter lesões congelantes e não-congelantes ( hipotermia ). Ver tabelas a seguir:TEMPO DE SOBREVIVENCIA NA AGUA FRIA


SINAIS CLÍNICOS PROGRESSIVOS DA HIPOTERMIA











AMBIENTES DE TRABALHO

A exposição ocupacional ao frio é dividida em dois grupos, as atividades exercidas ao ar livre, como: construção civil, agricultura, pesca, exploração de petróleo, policiamento, resgate e salvamento, vigilância e outros; e asatividades exercidas em ambientes fechados, como: câmaras frias, câmaras frigoríficas, fabricação de gelo, fabricação de sorvetes e outros. No caso de ambientes fechados devemos ter um laudo de inspeção afim de avaliarmos se a atividade será considerada insalubre (Portaria n.º 3214/78 do MTb – NR/15). Considera-se artificialmente frio um ambiente de trabalho, medindo-se a temperatura do mesmo econsultando climática do mapa oficial do Ministério do Trabalho, onde o local de trabalho se encontra. A temperatura do ambiente deve ser medida com o uso de Termômetro de bulbo seco, com capacidade para leituras de pelo menos -40C.

PROCEDIMENTOS PARA MONITORAMENTO DOS LOCAIS DE TRABALHO

- Em locais onde a temperatura é inferior a 16ºC deve ser efetuada uma adequada Termometria.
- Sempreque a temperatura em um local de trabalho for inferior a –1ºC, a temperatura de bulbo seco deve ser medida e anotada a cada 4 horas.
- Em locais de trabalho ao ar livre, a velocidade do vento deve ser anotada a cada horas, sempre que exceder a 2 metros por segundo (5mph).
- Em atividades ao ar livre, a velocidade do ar deve ser medida e anotada juntamente com a temperatura do ar, sempre que atemperatura for inferior a –1ºC.
- Em todos os casos onde são requeridas medições do movimento do ar deve-se usar- Em locais onde a temperatura é inferior a 16ºC deve ser efetuada uma adequada Termometria.
- Sempre que a temperatura em um local de trabalho for inferior a –1ºC, a temperatura de bulbo seco deve ser medida e anotada a cada 4 horas.
- Em locais de trabalho ao ar livre, avelocidade do vento deve ser anotada a cada horas, sempre que exceder a 2 metros por segundo (5mph).
- Em atividades ao ar livre, a velocidade do ar deve ser medida e anotada juntamente com a temperatura do ar, sempre que a temperatura for inferior a –1ºC.
- Em todos os casos onde são requeridas medições do movimento do ar deve-se usar a temperatura equivalente de resfriamento, a qual dever ser...
tracking img