Tecnicas de trabalho com material volumetrico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
E S T A D O D E G O I Á S


Aula no 03
Técnicas de Trabalho com Material Volumétrico.




1. Introdução

Nos ensaios químicos as escolhas de vidrarias volumétricas são cruciais para a exatidão da medição de volumes, podendo gerar significativos erros nos resultados finais das analises. Por isso a importância do conhecimento dos recipientes volumétricos, e que o analista saibalidar com os mesmos, estando ciente dos erros que podem acontecer para procurar evitá-los.
Mesmo os laboratórios executando seus métodos de maneira correta, sempre irão existir erros que irão alterar os resultados das medições. Um erro é caracterizado como tendo duas componentes, uma sistemática e uma
aleatória. Os erros sistemáticos ou determinados são caracterizados como sendo uma componente doerro que, no decorrer de um número de análises realizadas sob condições de repetibilidade, permanece constante ou varia
de uma forma previsível. Estes são ocasionados por uma falha na execução de um experimento ou uma falha em um equipamento, não sendo reduzidos com o aumento do número de medidas realizadas sob as mesmas condições. (EURACHEM / CITAC 2007 )
Existem três tipos de errossistemáticos: os erros instrumentais, que são causados pelo comportamento não ideal de um instrumento, por calibrações falhas ou pelo uso do material em condições inadequadas; erros de método nos quais se originam do comportamento físico ou químico não ideal de sistemas analíticos; erros pessoais, que resultam da falta de atenção ou conhecimento do próprio analista.( BACCAN, 2001)
A maior fonte de erroexperimental relacionado com a utilização da vidraria volumétrica é precisamente o ajuste do menisco, também chamado de erro de paralaxe, este depende da dimensão da secção transversal do instrumento volumétrico na zona de medição. Sendo assim, estudos comprovam que quanto maior a secção transversal do instrumento, maior será o erro associado. Logo nestes casos é recomendável que o analista volte umamaior atenção para esse tipo de ajuste, de modo a obter resultados mais exatos e reprodutíveis.( BATISTA, 2007)
Portanto e de estrema necessidade que o analista conheça as vidrarias, os volumes das mesmas, e principalmente as técnicas de volumetria para poder trabalhar com segurança e chegar ao mais próximo de resultados com uma margem mínima de erro no resultado final de sua analise.
Em geral,o resultado de uma medição é considerado simplesmente uma estimativa do valor do verdadeiro do mensurando, pois tanto os instrumentos de medição, os métodos utilizados e o analista que a executa apresentam imperfeições que de certa foram irão provocar alterações no resultado final. Devido a isso a medição não estará completa se não for acompanhada de alguma indicação de qualidade, sendo estaindicada por um número que indica com uma dada probabilidade os limites em que se pode encontrar o valor verdadeiro do mensurando. (SARAIVA, 2003)
Este número é conhecido como incerteza de medição, onde seu cálculo obedece a determinadas regras que dependem de sua natureza (aleatória ou sistemática). O VIM – Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia conceitua a incertezacomo um parâmetro associado ao resultado de uma medição, que caracteriza a dispersão de valores que podem ser fundamentalmente atribuídos ao mensurando. (INMETRO, 1995)

2. Objetivo

Reconhecer os principais recipientes volumétricos, estudar suas características e especificações de utilidade, e as técnicas de limpeza e manipulação. Entender como é feita a leitura em diferentes materiaisvolumétricos e quais são os principais erros cometidos pelo leitor.

3. Materiais

4.1. Equipamentos

-Balão volumétrico de 50 mL
-Balão volumétrico de 100 mL
-Bastão de vidro
-Béquer de 50 mL
-Béquer de 100 mL
-Béquer de 250 mL
-Bureta de 50 mL
-Erlenmeyer de 250 mL
-Estante tubos de ensaio
-Pipeta graduada de 5 mL
-Pipeta graduada de 10 mL
-Pipeta...
tracking img