Tecelagem fixadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Este trabalho apresenta a definição do auxiliar de tingimento e estampagem, o fixador, bem como suas características, utilização e resultados na indústria têxtil.

FIXADORES

1- DEFINIÇÃO

É um auxiliar químico utilizado para melhorar a solidez, ou seja, fixação dos corantes e pigmentos, quanto à lavagem, a luz, a fricção, a água do mar, a sabões, detergentes e suor.Corantes reativos apresentam boa solidez aos tratamentos molhados, desde que a parte de corantes que não reagiu quimicamente com a fibra seja removida mediante enxágüe e ensaboamento rigoroso.
No entanto, se esses tratamentos não forem executados com devida cautela, alguma parte do corante não fixado poderá permanecer sobre o substrato têxtil, causando efeitos de migração na fase de secagem doprocessamento.
Um tratamento posterior com fixadores preserva a parte do corante não fixado durante a secagem, resultante geralmente na melhoria da solidez a água e ao suor.
O fixador tem também como objetivo prevenir a migração de corante não fixado, durante o processo de secagem.
Inibe o sangramento de tingimentos e estampagens com corantes reativos, insuficientemente ensaboados. Destamaneira, a reprodutividade dos subseqüentes tratamentos a úmido pode ser melhorada. Ainda, no caso de estampagens não inibe apenas o sangramento, como também impossibilita a marcação não desejada de estampas sobrepostas.
Nos corantes diretos o fixador exerce um leve efeito negativo sobre à luz dos tingimentos e estampagens com corantes diretos.
A perda de solidez a luz, no entanto, não é genéricacom o corante, bem como com a intensidade da cor. Dependendo do corante, a possibilidade de uma ligeira alteração de tonalidade resultante do tratamento posterior.


2 – NATUREZAS QUÍMICAS

Os fixadores podem ser de diferentes caracteres químicos como: solução aquosa de um composto de amônio quaternário, trimetilol diciandiamida modificado, aril sulfonado em solução aquosa, base demetiloamida, etc.

3 - APLICAÇÃO NAS FIBRAS

É principalmente usado para artigos de algodão, viscose, lã, seda, poliamida.

4 - TIPOS DE TINGIMENTO E ESTAMPAGEM

Em tingimentos reativos e diretos (celulose) e ácidos (poliamida). E estampagem com pigmentos reativos.

5 – PROCESSOS DE APLICAÇÃO

O fixador somente deve ser aplicado em tingimentos e estampagens, rigorosamente enxaguados e, sepossível, ensaboados, ou seja, isentos de resíduos de sais. A quantidade de aplicação depende do próprio corante, da classe de corantes e da intensidade da cor, grau de solidez desejada e de acordo com a finalidade de utilização e processos posteriores.

5.1 - MÉTODO POR ESGOTAMENTO

De acordo com as condições recomenda-se adicionar:
• x % de Fixador
• Tratar durante 15 a 20 minutos à 40ºC –50ºC
• pH ácido entre 4,0 / 5,5

5.2 - MÉTODOS CONTÍNUOS

5.2.1 – TRATAMENTO POSTERIOR POR FOULAR (SUBSTRATO TÊXTIL SECO)

De acordo com as condições recomenda-se adicionar:

• x g/L de Fixador
• Passar pelo Foular o tecido úmido à temperatura ambiente
• Secar a 100/130ºC
• pH ácido entre 4,0 / 5,5

5.2.2 – TRATAMENTO POSTERIOR, MOLHADO SOBRE ÚMIDO, POR FOULARDAGEM

De acordocom as condições recomenda-se trabalhar com um banho de fixação, contendo o dobro da dosagem usada para a foulardagem de material seco.

• Foular o tecido úmido à temperatura ambiente
• Secar a 100/130ºC
• pH ácido entre 4,0 / 5,5

5.2.3 – FIXAÇÃO SIMULTÂNEA COM O ACABAMENTO

Os fixadores são perfeitamente apropriados para o uso em acabamentos convencionais ou em combinação comresinas. Também, é viável a combinação com amaciantes, agentes modificadores de toque, umectantes, impermeabilizantes, etc.
Portanto, é necessário verificar com os fornecedores e fazer testes de compatibilidades de acordo com o processo e outros auxiliares.

6 – NORMAS PARA ANALISE DE SOLIDEZ A LAVAGEM E A LUZ

6.1 - DENOMINAÇÃO COMPLETA: SOLIDEZ À LAVAGEM 1

• Denominação abreviada: Lavagem...
tracking img