Tdah

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (386 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade)
É um transtorno neurobiológico que afeta o desenvolvimento do autocontrole que resulta em problemas com relação a atenção, o controle doimpulso e o nível de atividade.
Existem várias possíveis causas, dentre elas destaca-se a de que o TDAH tem um caráter hereditário significativo (genético). No entanto, não há um consenso científicosobre as causas do TDAH.
Aspectos neuroquímicos: desregulação central dos sistemas dopaminérgicos e noradrenérgicos que controlam a atenção, organização, planejamento, motivação, cognição, atividademotora, funções executivas e também o sistema emocional de recompensa. Hoje o TDAH é considerado como um desequilíbrio no metabolismo do cérebro, envolvendo neurotransmissores como a dopamina e anoradrenalina, consumo reduzido de energia, deficiência na circulação sanguínea e sendo a parte mais afetada o córtex pré-frontal.
Seus sintomas básicos são: inconstância na atenção (desatenção ehiperfoco), inquietude (hiperatividade) e impulsividade, excesso de atividade.
O TDAH inicia-se na infância, com alguns pequenos sinais, mas só costuma chamar atenção quando é exigido a criança, mantercomportamentos padrão (na introdução a escola) e invariavelmente transcorre por sua vida adulta.
O TDAH é dividido em três subtipos:
1 - Subtipo Desatento:
Caracterizado principalmente pela dificuldadede atenção, desorganização, evitação de esforço mental prolongado, fácil distração, esquecimento.

2 - Subtipo Hiperativo / Impulsivo: Caracterizado principalmente pela inquietação, excesso deenergia nas atividades, dificuldade de esperar, dificuldade para realizar atividades que exijam calma e concentração.

3 - Subtipo Combinado: Casos em que o paciente apresente características dos doissubtipos.
• Estima-se que de 3 a 6% da população mundial sejam portadoras do TDAH.

Dificuldades no diagnóstico: ainda não há um exame clínico ou laboratorial que possa provar a existência deste...
tracking img