Tcc(técnico) automação pneumatica)

Introdução

É impossível falarmos de indústria hoje, sem levar em conta a automação. Os processos automatizados estão presentes em praticamente toda a indústria. Desde os Robôs até os CLPs que programam dezenas e até centenas de funções nas mais diversas máquinas. O processo automatizado trouxe maior confiabilidade e segurança aos processos industriais. Livrando o ser humano em sua maiorparte do esforço repetitivo que pode levar ao erro e ao acidente.
Na mecânica o mesmo ocorre. Os tornos Automatizados produzem em larga escala peças usinadas que levariam muito mais tempo em um torno operado manualmente, com mais precisão e com um menor custo. Braços mecânicos em diversas linhas de produção são hoje não só operados de maneira automatizada, mas também através de processos digitais,em oposição aos antigos analógicos.
Seria impossível também falar de automação e não abordar a pneumática. O estudo e desenvolvimento de circuitos pneumáticos permite o uso de uma maior velocidade a baixas pressões. Agilizando assim os processos industriais, e os tornando seguros. O baixo custo e a confiabilidade desses circuitos pneumáticos foram imprescindíveis para que a indústria atingisse opatamar de automatização que tem hoje.
Nesse projeto apresentaremos um circuito pneumático automatizado com chaves de fim de curso que são usados diariamente na indústria. O projeto é de mera ilustração teórica, portanto não estaremos os inserindo em uma lógica industrial.

1. Pneumática

Pneumática (derivado do termo grego: πνευματικός (pneumatikos que significa "fôlego", "sopro")) é umramo da ciência e tecnologia, que faz uso de gás ou ar pressurizado. Pode ser utilizado numa gama alta de aplicações como freios de caminhões e ônibus, clínicas, sistemas pneumáticos, pinturas, pulverizações. Sua aplicação ajuda a libertação do operário de operações repetitivas, possibilitando o aumento do ritmo de trabalho, aumento de produtividade e, portanto, um menor custo operacional.
O arcomprimido é, provavelmente, uma das mais antigas formas de transmissão de energia que o homem conhece, empregada e aproveitada para ampliar sua capacidade física.O reconhecimento da existência física do ar, bem como a sua utilização mais ou menos consciente para o trabalho, são comprovados há milhares de anos.O primeiro homem que, com certeza, sabemos ter-se interessado pela pneumática,isto é, oemprego do ar comprimido como meio auxiliar de trabalho, foi o grego Ktésibios.Há mais de 2000 anos, ele construiu uma catapulta a ar comprimido. Um dos primeiros livros sobre o emprego do ar comprimido como transmissão de energia, data do 1ºséculo D.C. e descreve equipamentos que foram acionados com ar aquecido.Dos antigos gregos provem a expressão "PNEUMA" que significa fôlego, vento e,filosoficamente, a alma.Derivando da palavra"PNEUMA" , surgiu, entre outros, o conceito de "PNEUMÁTICA": A matéria dos movimentos dos gases e fenômenos dos gases.Embora, a base da pneumática seja um dos mais velhos conhecimentos da humanidade, foi preciso aguardar o século XIX para que o estudo de seu comportamento e de suas características se tornasse sistemático. Porém, pode-se dizer que somente após oano 1950 é que ela foi realmente introduzida na produção industrial.Antes, porém, já existiam alguns campos de aplicação e aproveitamento da pneumática, como, por exemplo, a indústria mineira, a construção civil e a indústria ferroviária(freios a ar comprimido).A introdução, de forma mais generalizada, da pneumática na indústria, começou coma necessidade, cada vez maior, de automatização eracionalização dos processos de trabalho.Apesar de sua rejeição inicial, quase sempre proveniente da falta de conhecimento e instrução, ela foi aceita e o número de campos de aplicação tornou-se cada vez maior.Hoje, o ar comprimido tornou-se indispensável, e nos mais diferentes ramos industriais instalam-se aparelhos pneumáticos, principalmente na automação.Automoção: A automoção retira do homem as...
tracking img