Tcc seguranca do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1838 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTORICO
DA
HIGIENE
OCUPACIONAL









HISTORICO
DA
HIGIENE
OCUPACIONAL


















ALUNO:



CURSO:

Técnico em Segurança e Medicina do Trabalho


ESCOLA:






















SUMARIO


Capa

Contra Capa 02

Histórico da Higiene Ocupacional

Doenças relacionadas com o Trabalho

Doença Profissional
Doençado Trabalho

Acidentes do Trabalho

Bibliografia

















Breve histórico da Higiene Ocupacional

Ao longo dos anos houve sempre quem se preocupasse com a saúde dos trabalhadores, fazendo assim com que fossem tomadas iniciativas com o objetivo a garantir a sua saúde, porem ainda não se tinha o conhecimento técnico necessário.
Na época de Revolução Industrial, naInglaterra, não se utilizava medidas de controle, o regime de trabalho, às vezes chegava a doze ou até dezesseis horas diárias e através disso algumas iniciativas de prevenção das doenças do trabalho tiveram que ser tomadas, como podemos observar a seguir:

Em 1556 - O pesquisador alemão Georgius Agrícola, ou Georg Bauer, divulgou em seu livro a situação dramática dos trabalhadores em minassubterrâneas e ainda descreveu métodos de prevenção de doenças utilizando a ventilação. Como por exemplo, o as doenças pulmonares.

1700 - Bernardino Ramazzini - publica, na Itália, um livro, de morbis artificum diatriba (As doenças dos trabalhadores), que descrevia um grande número de doenças originadas dentro dos ambientes de trabalho. Como podemos citar a LER que são as lesões por esforçorepetitivo.

1890 - é criado pelo governo o Conselho de Saúde Pública, que começava timidamente a legislar sobre as condições de trabalho no Brasil, que já começavam a preocupar.

1910 - A doutora Alice Hamilton, nos Estados Unidos, manifestou a preocupação com as doenças ocupacionais e a avaliação dos agentes e com o seu controle. Como por exemplo, a



graxa que é um produto químico quepode causar problemas graves na pele do trabalhador.

1914 - Criação da National Institute of Occupational Safety and Health (NIOSH), órgão de pesquisa em Segurança e Saúde no Trabalho. Atualmente a metodologia de avaliação da exposição ocupacional utiliza no mundo toda a metodologia por ela estabelecida. Que pode ser usada para avaliar a grau de vibração nas atividades de marteleteiros, motoristase britadores.

1938 - Criação da American Conference of Governmental Industrial Hygienists (ACGIH), uma Associação dos Higienistas do Governo Americano e que desenvolver pesquisas sobre os Limites de Exposição Ocupacional para os agentes físicos, químicos e biológicos e Índices Biológicos de Exposição (IBE).


Agente Biológicos
Fungos
Helmintos
Protozoários

Agente Físicos
VibraçõesRadiações ionizastes
Ruídos
Umidade
Agentes Químicos
Fumos
Poeiras
Nevoas



1939 - Criações da American Industrial Hygienists Association (AIHA).

Serviços de higiene industrial profissões ou determinados riscos ecológicos, os limites de exposição mais elevados são fixados por um organismo competente.




1946 - Após oito anos de pesquisas, a ACGIH já possuía uma listagem de148 substâncias com Limite de Exposição.


1966 - Criação da Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - Fundacentro, como um compromisso do Brasil perante a Organização Internacional do Trabalho (OIT) de investimento em Segurança e Medicina do Trabalho.


1969 - Início das atividades da Fundacentro.

1978 - O Ministério do Trabalho em 8/6/1978 elabora a Portarianº 3.214 com 28 Normas Regulamentadoras sobre segurança e medicina do Trabalho.

1987 - Criação da International Occupational Hygiene Association (IOHA), dedicada ao desenvolvimento da higiene ocupacional.

1919 – Surge a primeira lei Brasileira de acidentes do trabalho, com o Decreto Legislativo nº. 3.724, de 15 de janeiro, como ponto de partida da intervenção do Estado nas condições de...
tracking img