Tcc mecanica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2738 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA TÉCNICA PERNAMBUCANA
MECÂNICA INDUSTRIAL

ARISTIDES OLIVEIRA DA SILVA JUNIOR

PROCESSO DE FABRICAÇÃO

Paulista
2012
ARISTIDES OLIVEIRA DA SILVA JUNIOR

PROCESSO DE FORJAMENTO A QUENTE

Trabalho, apresentado a escola técnica pernambucana, como parte das exigências para obtenção do grau de técnico em Mecânica Industrial. Com a supervisão do professor Stevens Costa.

Paulista2012

ARISTIDES OLIVEIRA DA SILVA JUNIOR

PROCESSO DE FORJAMENTO A QUENTE

AVALIADORES

__________________________________________________ - _______________
Professor: Stevens Costa – ETP Nota

_______________
Média

Paulista
2012

Dedico este trabalho a minha família que sempre me apoiou, e a todos os professores daEscola Técnica Pernambucana.
Obrigado.

Agradeço primeiramente este trabalho a Deus que sempre está comigo, a minha esposa que está ao meu lado em todas as dificuldades e a todos os professores da Escola Técnica de Pernambuco pela paciência e a qualidade do ensino.
Agradecimentos sinceros.

“A genialidade é 1% inspiração e 99% transpitação”
Albert Eisntein

RESUMO

O forjamento a quenterequer menores forças para se deformar o material, mais ao se comparar com o forjamento a frio, aquele possui uma variação dimensional maior e um acabamento superficial inferior. Consequentemente, operações finais de acabamento tornam-se necessárias. Estas operações podem ser minimizadas por um forjamento, mas preciso que resultem em um menor número de operações e um menor custo operacional. Noentanto, a obtenção da sequencia de produção ideal é complicada e muitas vezes são obtidas através de método baseado na experiência, o que leva a realização de muitos testes e ajustes, que tornam o projeto caro e dependente dos recursos humanos muitas vezes não está disponíveis. Com o aparecimento dos métodos numéricos, especificamente aqueles baseados no método de elementos finitos para grandesdeformações, tem sido possível com relativo sucesso, a analise do processo de forjamento bem como sua otimização ainda na fase de projeto.


ABSTRACT

Hot forging requires minor forces to deform a material, but in comparison to cold forging, it shows a greater dimencional variation and inferior quality surface finish. Consequently, finishing operations become necessary. Theseoperations can be minimized through a more precise forging process, resulting in less operational cost. However, the determination of an production sequence is complicated ant, in most cases, results from empirical methods, which increases the quantity of tests and makes the project more expensive and dependent on mostly unavailable human resources. With the advent of numerical methods, especially thosebased on finite elements for greater deformation, hot forging process analysis has been quite successful, as well as optimization during the project stage.

SUMÁRIO

Página
* Introdução 10
* Desenvolvimento11
1. O forjamento 11
2. Temperaturas de forjamento 11
3. Estruturas internas do aço 12
4. Forjamento livre12
5. Forjamento em matriz fechada 13
6. Lubrificação 14
7. Vantagens e Desvantagens 14
7. 1. Vantagens...
tracking img