Tcc espaço confinado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 11 (2522 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – PREPARAÇÃO PARA O INÍCIO DA OBRA, LOCALIZADO NA CIDADE DE SANTA ISABEL SÃO PAULO.

1.1. Montagem do gabarito e locação da obra.

Para construção do gabarito foram utilizados pontaletes de eucalipto com diâmetro mínimo de 0,12 metros e altura de 4,00 metros, prevendo-se o aproveitamento para andaimes e escoramentos, onde 0,60 metros foi cravado no solo a cada 2,00metros, fechando-se todo o perímetro da obra com sarrafo de 0,15 metros, esquadrejado e nivelado, utilizando uma das paredes da construção existente para a fixação do gabarito, mantendo-se nos outros três lados uma distância mínima de 1,00 metro em relação à face externa da obra.
Com o projeto em mãos foi executada a locação da obra no gabarito através de pregos e linhas, para acontinuidade dos serviços, partindo dos alinhamentos determinados pela construção existente.

2 – INFRA-ESTRUTURA.

2.1 – Vigas Baldrames e Blocos.

Para a execução das fundações deu-se início à abertura das valetas com a largura de 0,25 metros e profundidade de 0,40 metros, para receber as vigas baldrame, utilizando o solo de boa resistência como forma,em todo o perímetro e nas divisões dos cômodos conforme projeto arquitetônico e de fundações. Nos pontos definidos no projeto, o terreno foi escavado de modo a receber também os 9 (nove) blocos com dimensões de 0,60x0,60x0,40 metros (largura, comprimento e altura), para o coroamento do topos das brocas conforme figura 1.
Figura 1 – Detalhe da escavação do bloco, sem escala.[pic]
Fonte: O Autor - setembro/ 2010.

2.2 – Brocas.

Conforme projeto apresentado, foram locados e perfurados 16 pontos no solo com trado manual de diâmetro de 0,30 metros até a profundidade prevista de 5,00 m (vide figura 2).

Figura 2 – Detalhe da perfuração da broca.
[pic]
Fonte: O Autor - setembro/2010.

2.3 – Armaduras.

2.3.1 – Brocas.

Armadas com aço CA-50 com diâmetro de 10 mm no sentido longitudinal até a profundidade de 2,50 metros, com estribo em aço CA-60 de diâmetro 5 mm a cada 0,15 metros, sempre conferindo-se a limpeza dos furos das brocas.

2.3.2 - Vigas Baldrames e Blocos.

Após a limpeza das valas ecolocação de lastro de brita 1, foram montadas as armaduras das vigas baldrames com quatro barras de aço CA-50 diâmetro de 10 mm, no sentido longitudinal e com estribos em aço CA-60 diâmetro de 5 mm a cada 0,15 metros, a armadura dos blocos com aço CA-50 diâmetro de 8 mm a cada 0,15 metros, e a armadura de arranque dos pilares para a posterior continuidade, conforme figura 3.

Figura 3.[pic]
Fonte: O Autor - setembro/ 2010.

2.4 – Concretagem.

Após a conferência do posicionamento das armaduras, e verificação da limpeza geral, foi executada em uma única etapa a concretagem das brocas, vigas baldrames e blocos, utilizando-se concreto de cimento Portland CP32 com traço de 1,0: 2,3: 2,9, correspondendo para cada saco de 50quilos de Cimento Portland CP32, 115 quilos de areia média lavada e 140 quilos de brita zero, devendo esse concreto atingir uma resistência a compressão axial mínima de 20 MPa aos 28 dias de idade (vide figura 4). Como medida indispensável executou-se a cura úmida da concreto por 7 dias consecutivos.

Figura 4.
[pic]
Fonte: O Autor - setembro/ 2010.2.5 – Embasamento.

De modo a promover o nivelamento dos alicerces e atingir-se a cota prevista em projeto, ou seja, o nível da construção existente, foi executada a alvenaria de embasamento em tijolo maciço e argamassa de cimento e areia (1:3) e hidrofugante, com altura de 0,30 metros, revestida com argamassa areia e cimento (1:3), e sobre essa foi aplicada nova camada...
tracking img