Tcc - ensino de história, cultura afro-brasileira e africana: caminhos possíveis na construção de uma educação pautada nas relações etnicorraciais no ensino fundamental.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5410 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LICENCIATURA EM HISTÓRIA

ENSINO DE HISTÓRIA, CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA: CAMINHOS POSSÍVEIS NA CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO PAUTADA NAS RELAÇÕES ETNICORRACIAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL.

André Luis de Almeida

Salvador 2010

ANDRÉ LUIS DE ALMEIDA

ENSINO DE HISTÓRIA, CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA: CAMINHOS POSSÍVEIS NA CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO PAUTADA NAS RELAÇÕESETNICORRACIAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL.

Artigo a ser apresentado como Trabalho de Conclusão do Curso de Licenciatura em História para obtenção do grau de Licenciado em História pela Faculdade de Tecnologia e Ciências.

Orientador: Professor Rafael S. C. da Silva

Salvador 2010

SUMÁRIO Resumo................................................................................................................ Apresentação ....................................................................................................... A questão etnicorracial na legislação brasileira .................................................... A constituição da população de Salvador no cenário econômico sob o prisma etnicorracial......................................................................................................... Por que a educação deve ser pautada nas relações etnicorraciais? .................. Como o ensino de história no Ensino Fundamental pode se pautar nas relações etnicorraciais? ..................................................................................................... E agora, por onde caminhar rumo a um ensino de história pautado nas relações etnicorraciais?...................................................................................................... Referências .......................................................................................................... Apêndice ............................................................................................................. 3 3 4 5 7 9 12 14 15

3

Resumo Este artigo objetiva provocarreflexão sobre o ensino de história, o papel docente, a práxis pedagógica e as possibilidades no que tange a uma educação pautada nas relações etnicorraciais e que contemple o multiculturalismo presente nas escolas de Ensino Fundamental da cidade de Salvador. Com a proposta de levantar alguns aspectos cruciais no pensar o ensino de história a partir dessa perspectiva, no presente texto, discute-seprimeiramente a abordagem das questões etnicorraciais na legislação brasileira. Tomam-se por ponto de partida os princípios básicos expostos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/96 de 20 de dezembro de 1996 - LDBEN/96, que traz conceitos de igualdade, respeito e tolerância. Em seguida, abordam-se as contribuições das Leis 10.639/03 e 11.645/08 e das Diretrizes CurricularesNacionais para a Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. A seguir, apresenta-se a constituição da população de Salvador no cenário econômico sob o prisma etnicorracial. Busca-se refletir sobre o porquê da necessidade de pautar a educação nas relações etnicorraciais e como a docência no campo da história no Ensino Fundamental pode se pautarnessas relações na tentativa de vislumbrar caminhos rumo a um ensino de história pautado nas relações etnicorraciais. Palavras-chave: Ensino de História. Relações etnicorraciais. Docência.

Apresentação Este texto tem por objetivo suscitar uma análise sobre o papel do professor, as posturas metodológicas adotadas no ensino de história e as possibilidades existentes a partir da proposta de umaeducação pautada nas relações etnicorraciais. Não se pretende esgotar as possibilidades de discussão, mas levantar alguns pontos cardeais no pensar a educação em uma perspectiva que contemple o multiculturalismo existente nas escolas soteropolitanas. Defende-se que travar um debate quanto ao que é possível ser feito para uma prática docente antirracista é de fundamental importância. Isto porque,...
tracking img