Tcc enfermagem

Educação para auto cuidado

Auto Cuidado é cuidar-se de si mesmo, buscar quais são as necessidades do corpo e da mente, melhorar o estilo de vida, evitar hábitos nocivos, desenvolver uma alimentação sadia, conhecer e controlar os fatores de risco que levam às doenças, adotar medidas de prevenção de doenças. Todas essas ações visam à melhoria da qualidade de vida.
Representam bem os maushábitos, o sedentarismo (falta de atividade física), o tabagismo, o alcoolismo, a obesidade, pois todos aumentam a toxicidade do organismo, já que deterioram as artérias, impedindo a boa oxigenação das células do organismo.
Prevenção:
Prevenir é o ato pelo qual se procura evitar que algo aconteça.
É missão essencial dos serviços de saúde evitar ou prevenir o aparecimento de doenças.
Níveis dePrevenção:
-         Prevenção Primária: compreende a proteção e a promoção da saúde. Caracteriza-se por medidas de saúde que barram o aparecimento das doenças. Exemplos: a vacinação impede o aparecimento de algumas doenças infecciosas como o sarampo, a rubéola, a poliomielite, etc.; a fluoração das águas previne o aparecimento das cáries.
-         Prevenção Secundária: compreende o diagnósticoprecoce das doenças, ou seja, a doença é descoberta o mais cedo possível, o que permite seu tratamento imediato, diminuindo as complicações e a mortalidade. Neste caso, a doença já está presente, porém, geralmente, de forma assintomática (a pessoa ainda não sente nada). Exemplos: mamografia e exame preventivo de câncer do colo do útero (Papanicolau).
-         Prevenção Terciária: aqui a doença jácausou o dano, compreendendo, então, a reabilitação.
Exemplos:
No entanto, nem todas as doenças podem ser prevenidas primariamente...
Isso vai depender das características da doença, do tratamento existente e dos testes para identificá-la.
Estes parâmetros vêm sendo determinados por estudos científicos sérios e que vêm apontando como deve ser a atuação do médico frente às diferentesdoenças.
 
Fonte: Programa de Educação Médica a Distância de Medicina familiar e Ambulatorial, 2002, Buenos Aires.
< http://www.orientacoesmedicas.com.br/autocuidado.asp>pesquisa ralizada data 30/03/2011
Práticas Preventivas
 
Práticas Preventivas recomendadas entre o nascimento e os 10 anos de vida:
 
-         Realizar puericultura nas Unidades Básicas de Saúde, onde o crescimentoe o desenvolvimento da criança serão acompanhados;
-         Realizar o teste do pezinho para rastreamento de doenças como hipotireoidismo congênito e fenilcetonúria;
-         Vacinação;
-         Visitas periódicas ao dentista;
-         Cuidado com acidentes em casa e no trânsito (use sempre cinto de segurança e capacete).
 
 
Práticas Preventivas recomendadas entre os 11 e os 24anos de vida:
 
-         Controle da pressão arterial;
-         Preventivo de câncer de colo de útero (Papanicolau) anual;
-         Prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (principalmente aconselhamento do uso de preservativos);
-         Vacinação;
-         Aconselhamento para prevenção do uso de drogas lícitas (álcool e tabagismo) e ilícitas;
-         Visitasperiódicas ao dentista;
-         Cuidado com de trânsito (use sempre cinto de segurança e capacete);
-         Indicação de ácido fólico de 0,5 a 1 mg em mulheres férteis que desejam engravidar.
 
Práticas Preventivas recomendadas entre os 24 e os 64 anos de vida:
 
-         Controle da pressão arterial e do peso;
-         Controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos;
-        Auto exame de mamas mensal;
-         Mamografia em mulheres de 40 a 69 anos a cada 2 anos e anual para mulheres acima de 35 anos cuja mãe ou irmãs tiveram câncer de mama;
-         Preventivo de câncer de colo de útero (Papanicolau) anual;
-         Pesquisa de sangue oculto nas fezes anual em maiores de 50 anos;
-         Prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (principalmente...
tracking img